Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility

Consultoria em biblioteca, literatura e leitura.

- A +

Webinar mostra experiência de bibliotecas com acervos digitais no Brasil e em outros países

Postado em 01 DE abril DE 2021
O webinar “Bibliotecas digitais: acervos, plataformas e direitos autorais”, que aconteceu em 30 de março, reuniu especialistas que trouxeram relatos de experiências de projetos já implementados no Chile, Brasil e Alemanha. 

Pierre Ruprecht, diretor executivo da SP Leituras, deu início à atividade lembrando que o cenário atual é propício para a expansão de serviços digitais pelas bibliotecas.

O diretor fundador da Biblioteca de Santiago, Gonzalo Oyarzún, apresentou a Biblioteca Digital do Chile, que oferece aos usuários uma nova opção de empréstimo de livros. No decorrer da sua fala, ressaltou que, dentro desse segmento, é possível criar mais e melhores coleções, a partir das avaliações e comentários dos leitores. E completou defendendo a importância de “estar disponível, ser rápido e útil”, o que, segundo ele, torna o serviço relevante para a vida do usuário.

Paulo Pina, bibliotecário no Goethe-Institut São Paulo, fez um relato sobre a experiência de empréstimo de mídias digitais online por meio da plataforma Onleihe. Ele destacou a necessidade do serviço perpassar todo o sistema da biblioteca e não ser algo isolado. Na sua concepção, é necessária uma atenção especial na divulgação que precisa ser constante, funcional e, principalmente, oferecer ajuda para as pessoas durante o acesso e uso. 

Sueli Ferreira, membro do Conselho Diretivo da International Federation of Library Associations (IFLA) e presidente da Comissão Brasileira de Direito Autoral e Acesso Aberto da Febab, abordou as implicações legais no oferecimento de empréstimos de livros digitais pelas bibliotecas públicas. Em sua fala, salientou as possíveis interpretações quanto a questões de direitos autorais. Para ela, há a necessidade de se pensar a função social da informação e a flexibilização da lei. Por fim, Sueli indicou a leitura do artigo “Empréstimo Digital Controlado e direitos autorais no Brasil: algumas reflexões iniciais”, publicado na Revista Liinc. 

[caption id="attachment_20223" align="aligncenter" width="643"] Paulo Pina, bibliotecário no Goethe-Institut São Paulo.[/caption]

 

[caption id="attachment_20221" align="aligncenter" width="638"] Gonzalo Oyarzún, diretor fundador da Biblioteca de Santiago.[/caption]

 

 

[caption id="attachment_20224" align="aligncenter" width="645"] Sueli Ferreira, membro do Conselho Diretivo da International Federation of Library Associations (IFLA) e presidente da Comissão Brasileira de Direito Autoral e Acesso Aberto da Febab.[/caption]