Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
- A +

Webinar mostra como literatura negra ocupou espaços virtuais para ganhar destaque

Postado em 18 DE dezembro DE 2020
O editor e escritor Vagner Amaro e o jornalista Deri Andrade discutiram, no webinar "Biblioteca virtual - literatura e arte nos espaços", realizado nesta semana, a importância dos ambientes virtuais no contexto da cultura contemporânea, com base em suas experiências pessoais e profissionais como produtores culturais e militantes negros.

Amaro fundou em 2015 a Editora Malê, voltada para a promoção da literatura negra brasileira no mercado editorial. Andrade desenvolveu a plataforma Projeto Afro, resultado de um mapeamento de artistas negros no território nacional.

Com tradução em Libras, língua brasileira de sinais, o webinar do SisEB seguiu com falas de Amaro e Andrade sobre seus projetos e como a pandemia e a necessidade de confinamento os levou a optar por migrar parte de suas atividades para o online. Andrade disse que o Projeto Afro nasceu de sua especialização em Cultura, Educação e Relações Étnico-raciais na USP.

[caption id="attachment_19705" align="aligncenter" width="1024"]Foto: Reprodução O jornalista Deri Andrade apresenta o site Projeto Afro. Foto: Reprodução[/caption]

"Queria entender a produção artística negra no Brasil, que é tão plural, tão rica e tão diversa. Que arte afrobrasileira é essa? Além disso, havia a ausência de um espaço que comentasse essas discussões de maneira transversal e que proporcionasse mais acesso a esse tipo de conteúdo de maneira gratuita", explicou o criador do Projeto Afro.

Amaro fundou a editora Malê, após constatar, a partir de sua experiência como bibliotecário, que a literatura e os autores negros são sub-representados na maior parte dos acervos públicos e privados, além de não terem participação significativa em eventos literários de grande porte. Ele conta que passou, então, a criar meios de se destacar num mercado caracterizado pela hegemonia branca. Entre outras coisas, ele apostou em novos autores negros, investiu em gêneros como a ficção científica, lançou um selo infantil (Malê Mirim) e promoveu seus próprios eventos.

[caption id="attachment_19706" align="aligncenter" width="1024"]Foto: Reprodução O editor e escritor Vagner Amaro apresenta o site da Malê, fundada em 2015. Foto: Reprodução[/caption]

Segundo Amaro, hoje em dia, há um maior interesse pela literatura negra, especialmente aquela com viés antirracista. O mercado, diz ele, entendeu que essa literatura vende: "Estamos em um momento de transição, de 2015 para o momento atual, que é de maior interesse pelos autores negros e seus escritos". Mas há, ainda, muito a ser feito.

Política de Privacidade

Este site é mantido e operado por SP LEITURAS - Associação Paulista de Bibliotecas e Leitura.

Nós coletamos e utilizamos alguns dados pessoais que pertencem àqueles que utilizam nosso site. Ao fazê-lo, agimos na qualidade de controlador desses dados e estamos sujeitos às disposições da Lei Federal n. 13.709/2018 (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais - LGPD).

Cookies
Cookies são pequenos arquivos de texto baixados automaticamente em seu dispositivo quando você acessa e navega por um site. Eles servem, basicamente, para que seja possível identificar dispositivos, atividades e preferências de usuários, otimizando a experiência no site. Os cookies não permitem que qualquer arquivo ou informação sejam extraídos do disco rígido do usuário, não sendo possível, ainda, que, por meio deles, se tenha acesso a informações pessoais que não tenham partido do usuário ou da forma como utiliza os recursos do site.

a. Cookies de terceiros
Alguns de nossos parceiros podem configurar cookies nos dispositivos dos usuários que acessam nosso site.
Estes cookies, em geral, visam possibilitar que nossos parceiros possam oferecer seu conteúdo e seus serviços ao usuário que acessa nosso site de forma personalizada, por meio da obtenção de dados de navegação extraídos a partir de sua interação com o site.
O usuário poderá obter mais informações sobre os cookies de terceiros e sobre a forma como os dados obtidos a partir dele são tratados, além de ter acesso à descrição dos cookies utilizados e de suas características, acessando o seguinte link:
https://developers.google.com/analytics/devguides/collection/analyticsjs/cookie-usage?hl=pt-br
https://policies.google.com/privacy?hl=pt-BR
As entidades encarregadas da coleta dos cookies poderão ceder as informações obtidas a terceiros.

b. Gestão de cookies
O usuário poderá se opor ao registro de cookies pelo site, bastando que desative esta opção no seu próprio navegador. Mais informações sobre como fazer isso em alguns dos principais navegadores utilizados hoje podem ser acessadas a partir dos seguintes links:
Internet Explorer:
https://support.microsoft.com/pt-br/help/17442/windows-internet-explorer-delete-manage-cookies

Safari:
https://support.apple.com/pt-br/guide/safari/sfri11471/mac

Google Chrome:
https://support.google.com/chrome/answer/95647?hl=pt-BR&hlrm=pt

Mozila Firefox:
https://support.mozilla.org/pt-BR/kb/ative-e-desative-os-cookies-que-os-sites-usam

Opera:
https://www.opera.com/help/tutorials/security/privacy/

A desativação dos cookies, no entanto, pode afetar a disponibilidade de algumas ferramentas e funcionalidades do site, comprometendo seu correto e esperado funcionamento. Outra consequência possível é remoção das preferências do usuário que eventualmente tiverem sido salvas, prejudicando sua experiência.