Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility

Consultoria em biblioteca, literatura e leitura.

- A +

Saiba como foi a oficina de Spoken Word com Luiza Romão

Postado em 04 DE maio DE 2020
Ministrada por Luiza Romão, a oficina Spoken Word deu início à programação online da Biblioteca de São Paulo. Luiza levou até a casa dos participantes conhecimentos sobre poesia oral, produção autoral, técnicas de performance e trabalhos de slammers nacionais e internacionais.

Incentivando a produção de conteúdo autoral, Luiza propôs atividades de leitura, interpretação e escrita. Apresentou a história do Slam no Brasil, compartilhou poesias, textos e artistas de referência para os participantes do curso. 

Foram quatro dias de encontro, aprendizado e trocas em que Luiza mostrou como recuperar a ligação entre voz e poesia, verso e ritmo. O último dia da oficina contou também com a presença de um convidado. Eugênio Lima é DJ, MC e pesquisador, contribuiu com seus conhecimentos de tradição oral durante a aula, trocando muitas referências com os participantes. “Eu sou fruto de um coletivo de todas as pessoas que puderam conhecer as coisas antes de mim”, reforçou o pesquisador durante a sua fala em aula.

[caption id="attachment_59835" align="aligncenter" width="300"]Eugênio Lima Eugênio Lima[/caption]

“Dar continuidade as atividades formativas” foi um dos pontos que Luiza levantou sobre a importância de cursos como este, que se adaptaram ao cenário atual e seguem levando vivência e aprendizados.

[caption id="attachment_59834" align="aligncenter" width="496"]Luiza Romão durante a oficina Spoken Word Luiza Romão durante a oficina Spoken Word[/caption]

Ficou com vontade de colocar em prática o uso da palavra e da performance?

Treine este exercício proposto durante as aulas da Oficina.

Faça a leitura do texto de Augusto Monterroso seguindo as instruções.

Em sua leitura deve haver ao menos:

  • Duas pausas

  • Uma aceleração

  • Uma palavra silabada (falada pausadamente)

  • Um trecho sussurrado

  • Um trecho falando alto


 

O Raio que caiu duas vezes no mesmo lugar 

“Houve uma vez

Um raio que caiu duas vezes no mesmo lugar

Porém achou que na primeira tinha feito estrago suficiente, 

que já não era necessário, 

e ficou muito deprimido”

Augusto Monterroso

Importante lembrar que a BSP está com atividades presenciais suspensas. Para mais informações, acesse nossas redes sociais.