Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility

Consultoria em biblioteca, literatura e leitura.

- A +

Programa Lê no Ninho faz sucesso entre as famílias de Birigui

Postado em 12 DE agosto DE 2020
Programa de incentivo à leitura para crianças entre 6 meses e 4 anos, o Lê no Ninho foi desenvolvido a partir do Bebelê, que até 2016 fazia parte da programação das bibliotecas de São Paulo e Parque Villa-Lobos. A SP Leituras e o Instituto Tellus foram responsáveis pelo desenvolvimento do projeto, que acrescentou à metodologia o uso de dispositivos tecnológicos. Além da BSP e da BVL, na capital, bibliotecas públicas de dez outros municípios paulistas - todas ligadas ao  Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo - aderiram à atividade, com resultados muito positivos.

A Biblioteca Pública Municipal Dr. Nilo Peçanha, em Birigui, no Noroeste paulista, foi um dos equipamentos que passaram a incluir o Lê no Ninho em sua programação cultural. Secretário de Cultura e Turismo do município, Paulo Bernardes diz que "o programa foi um sucesso desde a sua implementação e se tornou uma porta de entrada para a biblioteca".

[caption id="attachment_60885" align="aligncenter" width="850"]Programa Lê no Ninho estimula a leitura para crianças entre 6 meses e 4 anos. Foto: SP Leituras Programa Lê no Ninho estimula a leitura para crianças entre 6 meses e 4 anos. Foto: SP Leituras[/caption]

O Lê no Ninho, diz Bernardes, é um importante programa estruturante que ressignifica o modo como se inserem os pequenos, desde cedo, no universo literário. "Por meio das nossas sessões semanais, temos a condição de trabalhar a literatura e o fortalecimento dos vínculos familiares de forma atrativa, tanto para o público infantil quanto para os seus pais e cuidadores", afirma ele.

"De modo prático, criamos ações mediadas pelo afeto, envolvendo os participantes com os livros, tecnologias, brinquedos e objetos domiciliares, tendo como proposta tornar a prática de mediação de leitura simples e acessível no desenvolvimento, mas sofisticada na inserção das crianças e de seus cuidadores em atividades culturais transformadoras", completa o secretário de Birigui.

Ao longo de maio e junho, oferecemos dicas em vídeos curtos e divertidos. Esse pode ser um momento de afetividade e fortalecimento de laços entre crianças e adultos.

Clicando no centro da imagem, você vai assistir aos vídeos em sequência. No canto direito, no alto, há um ícone que leva para uma lista na qual estão todos eles. Divirta-se: