Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility

Consultoria em biblioteca, literatura e leitura.

- A +

Oficina online provou que todo mundo pode fazer HQ

Postado em 03 DE dezembro DE 2020
Já pensou em fazer histórias em quadrinhos? Nesta segunda-feira, 30 de novembro, a quadrinista Helô D'Angelo uniu, em oficina online, uma turma que passou da teoria para prática e descobriu que o HQ, além de ser uma forma maravilhosa de colocar contos e lembranças no papel, não exige que você seja o melhor desenhista do mundo para se aventurar entre quadros e balões.

A atividade, intitulada "HQ é para todo mundo", apresentou estilos diferentes de quadrinhos e ilustrações, as diversas possibilidades de se contar uma história com esse formato e as ferramentas necessárias para levar as ideias ao papel.

Helô falou sobre a organização da narrativa, os tipos de balões, a dinâmica de leitura, o uso das cores, o significado das formas, como construir um roteiro e um storyboard. Ressaltou também a importância de evitar a reprodução de estereótipos, eliminando, assim, a possibilidade de reforçar conceitos ultrapassados e passar uma mensagem equivocada na história. 

Depois, os participantes partiram para a prática. Cada um elaborou um roteiro e, logo após, chegou a hora da produção das histórias em quadrinhos. O resultado: tirinhas muito legais! 

Confira alguns dos trabalhos realizados durante a oficina:

[gallery type="rectangular" size="medium" ids="66306,66307,66308,66309,66310"]

 

Helô D’Angelo é ilustradora e quadrinista, autora da série de tiras "Isolamento", da graphic novel "Dora e a gata" e da reportagem em quadrinhos "Quatro Marias - as realidades do aborto no Brasil". Formada em jornalismo, trabalha com HQs jornalísticas, tiras e charges políticas sobre direitos humanos, cotidiano e saúde mental.