Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility

Consultoria em biblioteca, literatura e leitura.

- A +

Leitura ao Pé do Ouvido apresenta obra de Carmen Dolores

Postado em 07 DE maio DE 2021
07.05_BSP_Capa

O Leitura ao Pé do Ouvido apresenta "A luta", de Carmen Dolores, um dos pseudônimos de Emilia Moncorvo Bandeira de Mello. A escritora, cronista, conferencista, dramaturga e crítica literária do século XIX vem sendo redescoberta pela crítica literária feminista contemporânea por apresentar, em seus escritos, reflexões sobre ser mulher em uma sociedade patriarcal. Ouça aqui o trecho que selecionamos para você! 

Leia aqui a obra completa em formato digital.

Trecho lido: 

"(...E o Gilberto e a Celina continuaram a namorar-se, ele cândido, ela dúbia; enquanto o Coronel Juvenato que deixara a mulher em Sobral para tratar de uma concessão rendosa com os políticos do Rio, ia agora monopolizando como protetor mais importante, as alegres visitas matinais da viúva, que já lhe levava sempre o café - mas sem flores colhida no jardim, ainda rociadas de orvalho, porque cearense não dava para essas coisas de poesia. Era rápido, prático, e não admitia bobagens. Por isso todos os sábados à noite, ele dizia a D. Adozinda com um tremor lúbrico nas banhas moles da face os olhinhos vivos pestanejando: 
- A senhora não se esqueça que amanhã é domingo... Leve-me cedo o café, hein?... que eu tenho de ir a missa. 
- Pois não! Pois não, Coronel! Fique descansado, respondia a viúva do Ferreira, muito atenciosamente, tirando-lhe umas caspas da gola do paletó, com a mão repolhuda.
Os outros hóspedes riam-se à socapa; e no domingo o café não faltava, bem cedinho...
Foi por esse tempo que apareceu inesperadamente no hotel, a convalescer de uma hepatite, certa viúva idosa, com alguns bens, cujo filho único, o Alfredo Galvão, amanuense numa secretaria, vinha recomendá-la muito a D. Adozinda (...)”