Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility

Consultoria em biblioteca, literatura e leitura.

- A +

Jeferson Tenório é o convidado do Segundas Intenções on-line de setembro

Postado em 10 DE setembro DE 2021
Crédito: Carlos Macedo

O escritor vai bater um papo com jornalista Manuel da Costa Pinto, no encontro marcado para acontecer no dia 20de setembro,segunda-feira, das 19h às 20h, podendo se estender até 20h30, e terá transmissão ao vivo pela  página do Facebook da Biblioteca de São Paulo. Não é necessário fazer inscrição.

Jeferson Tenório nasceu no Rio de Janeiro, em 1977. Radicado em Porto Alegre, é graduado em Letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS e atua como professor de língua e literatura na rede pública de ensino de Porto Alegre. É Mestre em Literaturas Luso-africanas, pela mesma Instituição.

No momento, conclui seu Doutorado em Teoria da Literatura na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUC-RS, com a tese A autópsia de um imaginário em ruínas: a memória nas narrativas de regresso em 4 autores portugueses e, novamente, toma como questões centrais: colonialismo, pós-colonialismo, identidade e diáspora africana na pós-modernidade, além da problematização e desmistificação do continente africano como um lugar de regresso em busca de suas raízes.


Obras

81NfjXFQKcL


O autor estreia no romance em 2013, com O beijo na parede, vencedor do prêmio de “Livro do Ano” da Associação Gaúcha dos Escritores, e já em terceira edição. A narrativa chama a atenção pela forma com que arrebata a atenção do leitor, fazendo-o percorrer os cenários da carência material e afetiva que marcam o cotidiano dos desvalidos alojados na metrópole contemporânea. De início, destaca a precariedade decorrente da pobreza e do abandono, ressaltando a fragilidade da vida perante o racismo  cotidiano, tudo isto narrado em primeira pessoa por João – o protagonista de onze anos.

Em seu segundo romance, Estela sem Deus, de 2018, também narrado em primeira pessoa e igualmente impactante, Jeferson Tenório retoma a problemática do amadurecimento precoce da infância e juventude negras, num contexto marcado pelo racismo e pela subalternidade econômica e social. Aos treze anos, a protagonista devaneia em se tornar filósofa e busca superar os inúmeros entraves colocados no caminho dos desvalidos.

Em 2020, vem a público O avesso da pele, publicado por uma grande editora e aclamado pela crítica como um dos maiores lançamentos do ano de 2020.  A exemplo dos anteriores, o livro trata da violência naturalizada contra pessoas negras e pobres, mas sempre a partir de um ponto de vista interno, voltado para a expressar a voz das vítimas. O avesso da pele encerra o que o autor designa como "Trilogia do abandono" e volta a trazer para o centro do processo narrativo a voz da consciência jovem em sua formação rumo à construção da cidadania.

Jeferson Tenório divide seu tempo entre o ensino, a pesquisa e a literatura. Além dos romances, tem textos adaptados para o teatro e contos traduzidos para inglês e espanhol, além de ser o escritor anfitrião da FestiPoa Literária de 2019. Conquistou premiações de relevo, entre elas: Menção honrosa no 19º Concurso de contos Paulo Leminski, Universidade Estadual do Oeste do Paraná; 15º Concurso Poemas no ônibus e 3º Concurso Poemas no trem, da Prefeitura de Porto Alegre.

Os livros do autor estão disponíveis em nosso acervo físico e digital.