Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility

Consultoria em biblioteca, literatura e leitura.

- A +

Doação de máscaras: projeto da Rede Leopoldina Solidária participa da campanha

Postado em 15 DE dezembro DE 2020
O projeto Costurando Máscaras na Leopoldina, da Rede Leopoldina Solidária, contribuiu com a nossa campanha de doação desses itens tão importantes de proteção. No total, cerca de 600 máscaras para adultos e crianças foram entregues em nossa sede. Como conta Alexandra Swerts, articuladora da iniciativa, as costureiras que fazem parte do grupo viram o pedido da SP Leituras nas redes sociais e, como estavam mapeando as necessidades da região Oeste da capital paulista, fizeram questão de atender ao chamado e incluir a Biblioteca Parque Villa-Lobos na lista de entregas.

Como ressalta Alexandra, a importância do ato de doar neste momento de pandemia tem relação direta com o fato das pessoas "se sentirem parte da cura". O projeto é prova disso: "começou um movimento de produção e as costureiras do bairro, não profissionais, queriam doar máscaras para quem precisava, mas elas não tinham acesso aos grupos vulneráveis. Você imagina que as costureiras, em casa, isoladas, fazendo parte do grupo de risco com uma força de produzir queriam fazer parte da onda solidária", explica. E o movimento foi além, pois, como acrescenta, até quem não estava costurando apoiou a ideia, movimentando a campanha com doações e aumentando o alcance da entrega dos itens.

As doações do grupo inclusive continuam. De acordo com Alexandra, a rede fez um mapa da região Oeste da cidade, começando pelas unidades básicas de Saúde e a Assistência Social, para atender funcionários e também a população vulnerável. "Esse olhar foi sendo ampliado e fortalecido por grupos de costureiras de outras regiões. As costureiras da Leopoldina fecharam as máscaras já cortadas pelas mulheres do Butantã. As costureiras da Vila Mariana doaram máscaras para a nossa rede. Atendemos hospitais, centros de acolhidas, moradores de rua, CAPS, UBS, Cooperativas, escolas, casa de mulheres até os motoristas do IML, fomos para além da região da Leopoldina. Estamos conectadas também com a Rede de Enfrentamento a Covid-19 Região Oeste assim conseguimos atender Butantã, Lapa e Pinheiros desde abril", explica.

Ligação afetuosa com a BVL

A relação com a Biblioteca Parque Villa-Lobos é especial para o grupo. Para Alexandra, a BVL inspira e ela destaca a visão do grande mapa que traz a questão do clima "e nos provoca a ver o mundo por outra ótica.. e também aquela estrutura central que cria um círculo acolhedor e de reunião", lembra ela. A arquiteta Lígia Rocha, costureira do grupo, também é apaixonada pelo lugar e conta que passou inúmeras tardes jogando na ludoteca, com os filhos, acomodados nas almofadas, ou lendo. As "contações de histórias com eles menores e muitas lembranças deles mostrando a biblioteca para os amigos, como quem apresenta as maravilhas do quintal de casa” também ficaram marcadas na memória de Lígia. A professora Maria Isabel Cotovio, apoiadora do projeto, soma igualmente boas experiências na biblioteca, como assídua frequentadora do lugar, onde fez, em suas visitas até aqui, a leitura dos jornais e o empréstimo de livros para ler no deck, por exemplo.

O grupo é formado por 10 costureiras moradoras da Leopoldina e região Oeste, além de cinco articuladoras, entre pessoas e empresas. Veja quem são elas, agora com a indicação completa das componentes do projeto: Carmen Noronha, Claudia Elisabete Castanheira, Edna Yui, Ilda Juliana Guidugli, Lígia Rocha, Maria Inês Felipe, Maria Aparecida Penteado, Moema Porro, Neuza Floriza de Jesus, Sueli Suzuki, Sueli Mara, Virginia Lúcia dos Santos, Alexandra Swerts, Lara Freitas, Márcia Moralez, Maria Isabel, Rita Prado, Sheila Konishi, Vivian Blaso, Banco de Tecido e S.O.S da Roupa.

Quer fazer sua doação?

Quer contribuir com a campanha de doação de máscaras? Importante ressaltar para quem quiser doar, que as máscaras podem atender também os usuários da Biblioteca de São Paulo. Veja os detalhes abaixo:

Como doar em dinheiro: efetue um depósito bancário na conta e envie o comprovante para o e-mail financeiro@spleituras.org: SP Leituras – Associação Paulista de Bibliotecas e Leitura / CNPJ 12.480.948/0001-70 / Banco do Brasil / Agência 6998-1 / Conta corrente 13895-9.

Doe máscaras: máscara descartável dupla com elástico, tamanho único, com clipe nasal, fabricada em não tecido com duas camadas sobrepostas, sendo de “S” (spunbonded). E o endereço de entrega é Rua Faustolo, 576, Água Branca, São Paulo (SP), com recebimento destas peças sempre às terças-feiras, das 10h às 14h.

E lembre-se: as informações sobre a campanha de doação de máscaras também podem ser acessadas pelo link: https://spleituras.org.br/doe-mascaras/. Junte-se a nós! Você é elo importante desta corrente de solidariedade!

[caption id="attachment_55615" align="alignnone" width="560"] Foto: Equipe SP Leituras.[/caption]

 

[caption id="attachment_55621" align="alignnone" width="522"] Foto: Equipe SP Leituras.[/caption]