Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility

Consultoria em biblioteca, literatura e leitura.

- A +

Clube do Audiolivro traz para debate Memórias do Calabouço

Postado em 18 DE novembro DE 2021

Os autores Maurício Rosencof e Eleuterio Fernández Huidobro relatam o período de 12 anos passados na prisão durante a ditadura militar uruguaia (1973-1985). Na época, os dois eram líderes da guerrilha Tupamanos e foram presos, em 1973, junto com o ex-presidente do país, Pepe Mujica.

 

A obra expõe as torturas e as condições sub-humanas vividas pelos três guerrilheiros. A comida era pouca, o frio intenso e quando queriam ir ao banheiro eram amarrados, encapuzados e espancados no trajeto. Falar era definitivamente proibido. Para driblar o sistema, improvisavam um código morse batendo os dedos contra a parede para conversar, militar e até jogar xadrez. Ao longo desse período mudaram várias vezes de presídio, tudo para dificultar as já raras e rápidas visitas dos familiares. Foram libertados somente em 1985.

 

Para produzir o livro, os autores passaram várias tardes, entre 1986 e 1987, gravando suas lembranças. O material contou a edição de Pepe Mujica e tem prefácio assinado por Eduardo Galeano. A obra deu origem ao filme A noite de 12 anos, de Álvaro Brechner, disponível na Netflix.

 

A atividade é indicada para pessoas a partir de 14 anos. Os inscritos receberão instruções para realizar o empréstimo gratuito do audiolivro. Para ouvir a obra, é necessário ser sócio da biblioteca. É importante lembrar que a carteirinha pode ser feita presencialmente ou on-line, de forma simples e rápida.

 

Inscrições a partir do dia 19 de novembro, às 10h. As vagas são limitadas e preenchidas por ordem de inscrição. Atividade realizada em parceria com o Metrô, Tocalivros e a Biblioteca de São Paulo.