Reprodução

SP Leituras fica entre cem melhores ONGs do Brasil pelo terceiro ano seguido


SP Leituras está entre as cem melhores organizações brasileiras do terceiro setor incluídas no Prêmio Melhores ONGs 2020. É a terceira vez consecutiva que a organização social conquista o reconhecimento, tendo como base os critérios de boa governança, transparência, comunicação e financiamento. A equipe julgadora é formada por professores, doutorandos, mestrandos da FGV, jornalistas e lideranças sociais. A lista completa dos vencedores está disponível no site melhores.org.br.

“Em um ano marcado pelo combate à pandemia, ficamos felizes e orgulhosos de termos sido escolhidos pela terceira vez consecutiva uma das cem melhores ONGs do país”, diz Pierre André Ruprecht, diretor executivo da SP Leituras. “É um duplo reconhecimento, indicando que soubemos contornar as dificuldades e fomos resilientes ao mantermos os padrões de trabalho e gestão das entidades sob nossa responsabilidade.”

Criada em junho de 2010, a SP Leituras gere a Biblioteca de São Paulo (BSP), a Biblioteca Parque Villa-Lobos (BVL), o Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo (SisEB) e o Centro Cultural e de Estudos Superiores Aúthos Pagano para a Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo. A instituição é responsável, também, pela gestão do acervo da Biblioteca Castro Alves, de Votuporanga (SP), e pela revitalização e gestão da biblioteca corporativa da Sabesp.

Este ano, 670 organizações se inscreveram no Prêmio, que é o maior do terceiro setor no Brasil. A cerimônia de premiação será no dia 10 de dezembro, a partir das 19h, com transmissão pelo YouTube e pelo site do canal Futura. Além das 100 melhores, o público conhecerá também os destaques nas categorias especiais, além da melhor ONG entre todas. Realizado desde 2017, o prêmio é uma parceria do Instituto Doar, da agência de projetos socioambientais O Mundo Que Queremos e da Ambev, com respaldo técnico de pesquisadores da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e apoio da Fundação Toyota do Brasil.

Uma novidade desta edição é o lançamento de uma plataforma para ajudar as ONGs vencedoras a captar doações. Qualquer pessoa pode entrar e doar diretamente para qualquer uma das cem organizações vencedoras. Faz parte de uma campanha mundial no dia 1º de dezembro para estimular as contribuições financeiras para as entidades.