Mostra “A Força do Documentário Brasileiro” começa em 1º de novembro na Biblioteca de São Paulo e na Biblioteca Parque Villa-Lobos


A mostra “A Força do Documentário Brasileiro” é dica para quem gosta de cinema. Composta por 30 produções, a seleção contará, a partir de 1º de novembro, com sessões gratuitas na Biblioteca de São Paulo (BSP) e Biblioteca Parque Villa-Lobos (BVL), instituições da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, geridas pela Organização Social SP Leituras (entre as 100 Melhores ONGs do Brasil). A iniciativa é assinada pela Sociedade Amigos da Cinemateca e SP Leituras, com o apoio da Cinemateca Brasileira e Programadora Brasil. Para participar das exibições, não é necessário fazer inscrição.

As obras abordam a realidade contemporânea da sociedade brasileira, desde a retomada da produção audiovisual nacional na década de 1990 e tratam de temas como cultura indígena, direitos sociais, cultura popular e urbanidade. Na BSP, as sessões vão até 1º de dezembro, e, na BVL, até 24 de novembro. As produções foram divididas em ciclos: Subjetividade e narrativas / Outras paisagens / Direitos e cidadania / Brasilidades e as classificações indicativas das obras variam, bem como a duração das exibições.

Para conferir a programação completa (sujeita a alterações) em cada um dos espaços, clique nos links abaixo:

BSP – https://bvl.org.br/mostra-a-forca-do-documentario-brasileiro-comeca-em-novembro-na-bvl/

BVL – https://bsp.org.br/2019/10/15/57017/