Fevereiro tem programação especial de aniversário e muito mais na Biblioteca de São Paulo


Em fevereiro, a Biblioteca de São Paulo (BSP), instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerida pela Organização Social SP Leituras (entre as 100 Melhores ONGs do Brasil, pelo segundo ano consecutivo) completa 10 anos de existência! Para celebrar a data, a festa vai reunir espetáculo com o grupo Parlapatões, encontros especiais (com os escritores Pedro Bandeira e Marcelino Freire, entre outros), workshop internacional, exposição, oficinas e música em diversos dias durante o mês. Confirmado para o evento, o médico Drauzio Varella, que tem forte ligação com o espaço ocupado anteriormente pela Casa de Detenção do Carandiru, é um dos convidados da programação especial e totalmente gratuita.

Mas fevereiro também reserva outras atividades (confira os detalhes abaixo) como o Sarau na BSP e o Clube de Leitura, marcados respectivamente para os dias 9 e 20 de fevereiro, às 14h30 e 15h, respectivamente. Este último terá no centro do debate o livro “Enterre seus mortos”, de Ana Paula Maia, obra vencedora do Prêmio São Paulo de Literatura 2019.

#BSP10anos

As comemorações do ano 10 da BSP contarão com atividades que têm início logo no dia 1º de fevereiro, sábado, com a abertura, às 11h, da Exposição Invenções Gráficas na Ilustração Ibero-americana, com curadoria do premiado ilustrador Fernando Vilela e realizada em parceria com o Instituto Tomie Ohtake e a Fundação SM. No domingo, dia 2, é a vez do show-leitura Helio Flanders & As Folhas da Relva (realização: Sesc Santana) acontecer às 15h. No domingo, dia 9, das 10h30 às 13h, acontece a Cerimônia de 10 anos da BSP com Bate-papo com Drauzio Varella, que terá a mediação do jornalista Manuel da Costa Pinto.

No sábado, 15, o dia começa com o Encontro de Yoga e Meditação no Parque, com Amanda Velloso, às 10h (ponto de encontro: às 9h40 na frente da BSP); a programação segue com o bate-papo com o escritor Pedro Bandeira, mediado também por Costa Pinto, às 11h; Oficina Minichef, com Andy Giacometti, das 14h às 15h30; Bate-papo com Escritores às 14h (com Cidinha da Silva, Marcelino Freire e Roberta Estrela D´Alva, com mediação de Rodrigo Ciríaco); e o espetáculo Os Mequetrefe, com o Grupo Parlapatões, às 16h. No domingo, dia 16, o coletivo Caravana Lúdica realiza, às 11h30, a atividade Jogos do Mundo; haverá sessões de contações de histórias no Parque da Juventude com a Cia. Duo Encantado das 12h às 16h; Oficina de Poesia, com Jonas Samaúma às 13h e Oficina Maker: Corrida Maluca, com Glauco Paiva, às 14h. Tudo será encerrado com a animada apresentação do Agrupamento Musical do Consulado da Portela de São Paulo às 16h, com clássicos do repertório da escola de samba.

Mas a programação da festa vai além e fará da biblioteca palco de um evento que visa a formação geral e crítica de profissionais das áreas de biblioteca, leitura e literatura: o Workshop Internacional Mediação: Uma Biblioteca para Hoje e para Todos, realizado pelo SisEB (Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo) nos dias 13 e 14 de fevereiro, das 9h30 às 16h30. Entre os convidados do evento (inscrições encerradas) estão Ignácio de Loyola Brandão e Gonzalo Oyarzún, do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas do Chile.

Confira, a seguir, a programação especial #BSP10anos:

Sábado, 1º de fevereiro

11h – Abertura da Exposição Invenções Gráficas na Ilustração Ibero-americana – Criada a partir do Catálogo Ibero-América Ilustra (publicação realizada anualmente desde 2010 pela Fundação SM em parceria com a FIL Guadalajara – Feira Internacional do Livro de Guadalajara), a exposição tem curadoria do ilustrador Fernando Vilela, foi concebida e apresentada em 2019 no Instituto Tomie Ohtake. Visitação: terça a domingo, das 9h30 às 18h30. Até 29 de março. Parceria: Instituto Tomie Ohtake, Fundação SM e Biblioteca de São Paulo. Classificação indicativa: livre.

Domingo, 2 de fevereiro

15h – Helio Flanders & As Folhas da Relva – Inspirado na poesia do norte-americano Walt Whitman nasceu este show-leitura do artista brasileiro, que traz canções de seu primeiro trabalho solo, “Uma Temporada Fora de Mim” e de sua banda Vanguart, mesclados a versos de Whitman e fundidos de maneira quase inseparável dentro do roteiro. Classificação indicativa: 14 anos. Vagas limitadas, preenchidas por ordem de chegada. Realização: Sesc Santana.

Domingo, 9 de fevereiro

10h30 às 13h – Cerimônia de 10 Anos da BSP com Bate-papo com Drauzio Varella. Mediação: Manuel da Costa Pinto. Vagas limitadas, preenchidas por ordem de chegada. Personalidade reconhecida nacional e internacionalmente, o médico Drauzio Varella tem uma forte conexão com o espaço no qual a biblioteca está inserida: no passado, um lugar sombrio de cárcere (a Casa de Detenção do Carandiru) e hoje, de liberdade e da luz do conhecimento. Vagas limitadas, preenchidas por ordem de chegada. Com interpretação em Libras.

Sábado, 15 de fevereiro

10h às 11h30 – Encontro de Yoga e Meditação no Parque – Yoga é uma prática milenar que oferece oportunidade de entrar em contato com você e com seu corpo e pode ter seus benefícios ampliados sendo realizada ao ar livre. Buscando contato com a natureza, novas conexões e sentidos, esse encontro especial em comemoração aos 10 anos da Biblioteca de São Paulo será realizado no Parque da Juventude. Aula aberta para todos os níveis de participantes. Ponto de encontro às 9h40 na frente da Biblioteca de São Paulo. É importante que cada participante traga seu tapete de yoga e água para se hidratar. Em caso de chuva, a atividade será cancelada. Com Amanda Velloso e Ari Alves. Não é necessário fazer inscrição.

11h às 13h – Segundas Intenções com Pedro Bandeira – Bate-papo com o escritor, mediado pelo jornalista Manuel da Costa Pinto. Vagas limitadas, preenchidas por ordem de chegada. Com interpretação em Libras.

14h às 15h30 – Oficina Minichef – Você sabe qual a origem da festa de aniversário? Nesta oficina lúdica e gastronômica, o chef Andy Giacometti responde esta pergunta e conta outras curiosidades sobre a comemoração. A criançada pode pôr a mão na massa e preparar algumas receitas clássicas de festas de aniversário como canapés e docinhos. Indicado para crianças até 10 anos. Com o chef Andy Giacometti. Vagas limitadas, preenchidas por ordem de chegada.

14h às 16h – Conversa com Cidinha da Silva, Marcelino Freire e Roberta Estrela D´Alva. Mediação: Rodrigo Ciríaco. Vagas limitadas, preenchidas por ordem de chegada. Com interpretação em Libras.

16h – Espetáculo Os Mequetrefe – Em Os Mequetrefe, quatro palhaços – que, não por acaso, se chamam Dias – vivem a jornada de um longo e divertido dia. Do despertar à hora de ir dormir, revelam como a desconstrução da lógica cotidiana pode abrir espaço para outras maneiras de encarar a vida. Vivendo situações bem comuns, esses cidadãos nada comuns provocam uma série de confusões tão hilárias quanto poéticas. A inspiração de “Os Mequeterefe” foi a obra do inglês Edward Lear, ilustrador e poeta inglês, que criou o termo nonsense. Os Parlapatões convidaram Alvaro Assad, da carioca Cia. Etc e Tal e que dirigiu “A Noite dos Palhaços Mudos” (Cia. La Mínima), para dirigir o roteiro elaborado por Hugo Possolo, visando promover um intercâmbio artístico entre dois grupos que trabalham o cômico em vertentes diferentes, a mímica e a palhaçaria. Com o Grupo Parlapatões. Classificação indicativa: livre. Não é necessário fazer inscrição.

Domingo, 16 de fevereiro

11h30 às 15h30 – Jogos do Mundo – Venha treinar as suas habilidades com jogos de tabuleiro confeccionadas pelo coletivo Caravana Lúdica. São mais de 10 opções de jogos, como jogos de captura, de raciocínio, de destreza e de equilíbrio. O grupo tem como objetivo a difusão do conhecimento dos jogos do mundo, que são aqueles que não têm nem local nem data definidos. Indicado para pessoas de todas as idades. Com a Caravana Lúdica. Vagas limitadas, preenchidas por ordem de chegada.

12h às 16h – Domingo no Parque Especial – Espaço de leitura para toda a família com sessões de contação de histórias. Com a Cia. Duo Encantado. Não é necessário fazer inscrição. Em caso de chuva, a atividade acontece dentro da Biblioteca.

13h às 14h – Oficina de Poesia – Adultos ou crianças poderão conhecer a beleza das rimas e dos textos poéticos. Além de entrar em contato com as obras de Fernando Pessoa a Paulo Leminski, de Cecília Meireles a Tula Pilar e Sergio Vaz, os participantes poderão fazer os seus próprios poemas. E, ao final, num pequeno sarau, todos apresentarão seus textos. Com Jonas Samaúma. Vagas preenchidas por ordem de chegada.

14h às 16h – Oficina Maker: Corrida Maluca – Além de aprender sobre circuitos elétricos de maneira lúdica e divertida, os participantes construirão um carrinho a propulsão. Indicado para crianças a partir de 7 anos. Com Glauco Paiva. Vagas preenchidas por ordem de chegada.

16h às 18h – Portela: Memória do Samba – O Consulado da Portela de São Paulo, em comemoração aos 10 anos da Biblioteca de São Paulo, traz o seu Agrupamento Musical para uma apresentação única, com os grandes clássicos dos compositores históricos da Portela e da agremiação carioca. O Agrupamento é o conjunto musical criado pelo Consulado da Portela de São Paulo para divulgar e celebrar em terras paulistanas a vasta produção musical de grandes compositores da história da Águia Altaneira. O grupo tem se apresentado em diversos espaços da cidade, geralmente no formato de rodas de samba, seguindo os moldes das antigas rodas de terreiro, tocando sem amplificação de som, como nos tempos de Paulo da Portela e Heitor dos Prazeres. No repertório, que será executado pelo Agrupamento do Consulado, estão canções de grandes compositores da escola como Monarco, Casquinha, Argemiro, Candeia e Paulinho da Viola, além de sambas clássicos da Portela. Vagas preenchidas por ordem de chegada.

Sábado e domingo, 15 e 16 de fevereiro

9h30 às 17h – Palhaços Jacinto & Sandoval – Intervenções lúdicas e divertidas durante todo o dia. Não é necessário fazer inscrição.

Workshop Internacional Mediação: Uma Biblioteca para Hoje e para Todos (inscrições encerradas)

13 de fevereiro de 2020

9h30 – abertura oficial

das 10h às 12h30 – MESA-REDONDA – UMA BIBLIOTECA PARA HOJE E PARA TODOS – Convidados: Ignácio de Loyola Brandão, Isabel Santos Mayer (Ibeac / LiteraSampa) e Pierre André Ruprecht (SP Leituras). Mediação: Amanda Leal de Oliveira (Piracaia na Leitura). Conteúdo – a função emancipadora das bibliotecas públicas; o papel e futuro das bibliotecas; os desafios da biblioteca contemporânea; o diálogo entre bibliotecas e pluralidade; sustentabilidade e parcerias; biblioteca como espaço da informação e construção autônoma do conhecimento.

das 14h às 16h30 – MESA-REDONDA – ALFABETIZAÇÃO MIDIÁTICA E INFORMACIONAL: ACESSO IGUALITÁRIO À INFORMAÇÃO E AO CONHECIMENTO – Convidados: Alexandra Bujokas de Siqueira (Universidade Federal do Triângulo Mineiro) e Eugênio Bucci (Universidade de São Paulo). Mediação: Valéria Valls (Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo). Conteúdo – a biblioteca como espaço da informação e construção autônoma do conhecimento; a função emancipadora das bibliotecas públicas; o diálogo entre a alfabetização informacional digital e bibliotecas; ambientes de aprendizagem e letramento informacional; produção e uso das mídias e da informação; acesso à informação e aprendizagem continuada; o percurso das mídias tradicionais às novas tecnologias de mídia.

14 de fevereiro de 2020

das 9h30 às 11h – PALESTRA – AS FUNÇÕES SOCIAL, CULTURAL E EDUCADORA DA BIBLIOTECA CONTEMPORÂNEA – Convidado: Gonzalo Oyarzún (Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas do Chile). Mediação: Isabel Santos Mayer (Ibeac / LiteraSampa).

das 11h às 12h30 – MESA-REDONDA – O SISTEMA ESTADUAL DE BIBLIOTECAS PÚBLICAS DE SÃO PAULO: AVALIAÇÃO E DESAFIOS – Convidados: Isabel Ayres (Pinacoteca do Estado de São Paulo), Marilena Nakano (Rede Beija-flor de Pequenas Bibliotecas Vivas de Santo André) e Paulo Bernardes (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Birigui). Mediação: Sueli Regina Marcondes Motta (SP Leituras). Conteúdo – os acertos, erros e desafios do SisEB na última década; o diálogo entre inovação e redes cooperativas; o potencial das redes de bibliotecas; diagnóstico e avaliação das políticas públicas estaduais de biblioteca, leitura e literatura; o SisEB e a articulação com outras redes, sistemas e programas; consolidação da comunidade da biblioteca de acesso público paulista.

das 14h às 16h30 – MESA-REDONDA – BIBLIOTECAS EM REDE E OS 25 ANOS DO MANIFESTO DA IFLA/UNESCO SOBRE BIBLIOTECAS PÚBLICAS – Convidados: Adriana Cybele Ferrari (Febab / Universidade de São Paulo) e Gonzalo Oyarzún (Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas do Chile)
Mediação: Pierre André Ruprecht (SP Leituras). Conteúdo – o potencial das redes de bibliotecas; gestão de redes e cooperação entre bibliotecas; os 25 anos do Manifesto da IFLA sobre bibliotecas públicas; as funções social, cultural e educadora da biblioteca; o diálogo entre governança e inteligência coletiva; inovação e redes cooperativas.

Carga horária: 12 horas. Público-alvo: profissionais que atuam em bibliotecas, salas de leitura e programas de incentivo à leitura. Certificação: os certificados serão concedidos pelo SisEB (Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo) por dia do evento. Importante: condições especiais de atendimento, como tradução em libras, devem ser informadas até sete dias antes do evento. Mais informações: (11) 3155-5444 • siseb@spleituras.org • www.siseb.sp.gov.br .

Infantil

Hora do Conto – Contação de histórias da literatura infantojuvenil, para aguçar o hábito da leitura e a imaginação das crianças. Não é necessário fazer inscrição.

Sextas-feiras, às 15h.

7 – “A quase morte de Zé Malandro”, de Ricardo de Azevedo. Com equipe BSP.

14 – “O moço que não queria morrer”, de Ricardo de Azevedo. Com equipe BSP.

21 – “O rei e a festa da colheita”, de Mauro Vieira. Com equipe BSP.

28 – “A bruxa Salomé”, de Audrey Wood. Com equipe BSP.

Sábados e domingos, às 16h.

1 – “O presente de aniversário do Marajá, de James Rumford. Com Irene Tanabe.

2 – “A quase morte do Zé Malandro”, de Ricardo Azevedo. Com a Cia. Mapinguary.

8 – “O meu amigo ET”, de Marlon Chucruts e Umberto Mancebo. Com a Cia. Malas Portam.

9 – “As mil e uma noites”, de Antoine Galland. Com o Grupo Recantação.

15 – Ver Especial #BSP10anos (com o Grupo Parlapatões).

16 – “A raposa, o cavalo, o coelho e o macaco”, organizado por Antonio Daniel Abreu. Com interpretação em Libras. Com a Cia. Três Lunas.

22 – “O salmão do conhecimento”, organizado por Christian Léourter. Com a Cia. Hespérides.

23 – “A lua, o macaco e o tambor”, de Lenice Gomes, Arlene Holanda e Clayson Gomes. Com a Cia. Luarnoar.

29 – “Lila e o segredo da chuva”, de David Conway. Com interpretação em Libras. Com o Grupo #BoraLê.

Lê no Ninho – Atividade de estímulo e iniciação à leitura para crianças entre 6 meses e 4 anos, realizada com livros lúdicos, tablet, contação de histórias e músicas. Pais e responsáveis podem, ao fim, emprestar os kits utilizados, com dois livrinhos e um fantoche, e reproduzir a experiência em casa. Sábados e domingos, das 11h às 11h45 (nos dias 9 e 23, a atividade acontecerá no Parque da Juventude, dentro do programa Domingo no Parque). Com equipe BSP. Vagas limitadas, preenchidas por ordem de chegada.

Brincando e Aprendendo – Programa que reúne intervenções, jogos teatrais, atividades rítmicas e brincadeiras educativas. Quartas-feiras, das 15h às 16h. Com equipe BSP. A partir de 7 anos. Vagas limitadas, preenchidas por ordem de chegada.

5 – Pula-corda

12 – Boliche

19 – Taco

26 – Passa bastão

Pintando o 7 – Atividade para pintar, desenhar, colar e criar, inspirada em temas literários, ecológicos e culturais, desenvolvendo assim as capacidades artísticas e criativas das crianças. Quintas-feiras, das 15h às 16h. Com equipe BSP. A partir de 6 anos. Vagas limitadas, preenchidas por ordem de chegada.

6, 13 e 27 – Atividade paralela à Exposição Invenções Gráficas na Ilustração

20 – Máscaras de carnaval

Todos os públicos

Jogos Sensoriais – Divertida experiência lúdica que estimula as habilidades sensoriais e a memória, com jogos e brincadeiras para pessoas com e sem deficiência. Terças-feiras, das 15h às 16h (não haverá atividade no dia 25). Com equipe BSP. A partir de 11 anos. Vagas limitadas, preenchidas por ordem de chegada.

Domingo no Parque – Um pouco do que acontece dentro da BSP é levado para o lado de fora, à sombra das árvores do Parque da Juventude. Domingos, 9 e 23, no Parque da Juventude. Em caso de chuva, a atividade será realizada dentro da biblioteca. Atenção, nos dias 2 e 16, o programa Lê no Ninho acontecerá dentro da BSP. Não é necessário fazer inscrição.

11h às 11h45 – Sessões do programa Lê no ninho, com equipe BSP.

12h às 16h – Espaço de leitura para toda a família com sessões de contação de histórias.

9 – Com Os Fabulistas.

23 – Com Cia. Farnel de Artes.

Jogos para Todos! – Oficina de xadrez: os participantes aprendem as regras, os movimentos das peças e algumas táticas do xadrez, além de disputar partidas. Pessoas com deficiência visual dispõem de tabuleiros adaptados. Sábados, das 11h às 13h. Com a FOX – Formação e Orientação de Xadrez. Vagas limitadas, preenchidas por ordem de chegada.

Leitura ao Pé do Ouvido – Frequentadores da biblioteca são convidados a ouvir a leitura de trechos de livros, podendo conhecer assim novos autores, títulos e assuntos. Sextas-feiras, das 16h30 às 17h. Não é necessário fazer inscrição.

7 – “Mais respeito, eu sou criança”, de Pedro Bandeira (“aquecimento” para o programa Segundas Intenções).

14 – “A hora do desconto”, de Pedro Bandeira (“aquecimento” para o programa Segundas Intenções).

21 – “O frango ensopado da minha mãe”, de Nina Horta.

28 – “Pequenos relatos sobre o caos”, de Mario Garrone.

Sala de Videogames – A BSP oferece aos seus frequentadores mais uma opção de diversão, uma sala equipada com videogame, com os jogos mais legais do momento. De terça a sexta, das 9h30 às 18h. Aos sábados e domingos, das 10h às 18h. Vagas limitadas, preenchidas por ordem de chegada.

BSP até Você – Projeto Aproximação – Toda semana, um grupo de funcionários realiza atividades recreativas e culturais, na quadra esportiva da Comunidade Zaki Narchi, com as crianças que ali moram. Quartas-feiras, das 10h30 às 11h30 (não haverá atividade no dia 26). Não é necessário fazer inscrição.

Jovem

Luau BSP – O programa apresenta aos jovens temas relacionados à música, literatura, poesia, atualidade e espaço para apresentações artísticas. A partir de 13 anos. Quintas-feiras, das 12h30 às 13h30. Com equipe BSP. Não é necessário fazer inscrição.

Adulto

Compartilhando Saberes: Yoga – Em ambiente aconchegante e inspirador você poderá desfrutar desta prática milenar, que promove o bem-estar e a melhora da qualidade de vida. Recomenda-se que os praticantes ingiram apenas alimentos leves antes da aula e usem roupas confortáveis. Sábados, das 10h às 11h30. No dia 15, a atividade será realizada no Parque da Juventude, ver Especial #BSP10anos. Com Amanda Velloso. Vagas limitadas, preenchidas por ordem de chegada.

Sarau na BSP – Literatura, canto e poesia. Com o Grupo de Poetas Cantores e Declamadores Independentes de São Paulo. Domingo, 9, das 14h30 às 16h30. Coordenação de Terezinha Rocha. Não é necessário fazer inscrição.

Clube de Leitura – Todos os meses, a BSP seleciona um livro e propõe a discussão de detalhes da história com os leitores da obra, incentivando assim o encontro de pessoas, o debate literário e o hábito da leitura. Quinta-feira, 20, das 15h às 17h. “Enterre seus mortos”, de Ana Paula Maia (obra vencedora do Prêmio São Paulo de Literatura 2019). Com equipe BSP. Não é necessário fazer inscrição.

De olho nas inscrições:

Curso de Libras – Módulo Básico – Indicado para quem deseja iniciar o estudo da Língua Brasileira de Sinais, com o objetivo de ampliar as possibilidades de comunicação e interação social e profissional com surdos. A partir de 16 anos. Quartas e sextas-feiras, do dia 4 a 25 de março, das 14h às 17h30. Carga horária: 24h30. A partir de 16 anos. Com Thalita Passos e Luana Milani. Inscrições a partir das 10h do dia 11 de fevereiro pelo link www.bsp.org.br/inscricao

 

Sobre a BSP

Localizada no Parque da Juventude, no terreno em que funcionou a Casa de Detenção de São Paulo (conhecida como Carandiru), na zona Norte da capital paulista, a Biblioteca de São Paulo soma mais de 3 milhões de visitantes e reúne o que há de mais moderno na área. Finalista do International Excellence Awards 2018, entregue durante a Feira do Livro de Londres, uma das mais prestigiadas do setor, a BSP já recebeu premiações como o Prêmio IPL na categoria Melhor Biblioteca do Ano e Prêmio Ações Inclusivas 2013, da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

A biblioteca tem programação que atende públicos de diferentes faixas etárias e interesses diversos. Com oficinas, contações de histórias, cursos e atividades como xadrez e yoga, o equipamento vai além do acervo, promovendo, sobretudo, o compartilhamento de experiências e saberes. Inaugurada em fevereiro de 2010, a BSP foi inspirada na Biblioteca de Santiago, no Chile, faz parte do SisEB (Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo) e totaliza 40 mil itens (livros, DVDs, CDs, além de jogos) no acervo. Pessoas com deficiência possuem acesso integral a todos os ambientes e podem utilizar o conjunto de audiolivros, livros em braille e demais equipamentos de acessibilidade.

Serviço:

Biblioteca de São Paulo

Parque da Juventude – Av. Cruzeiro do Sul, 2.630, Santana, São Paulo (SP) (ao lado da Estação Carandiru do Metrô).

Tel.: (11) 2089-0800.

Funcionamento: terça a domingo (fechada às segundas), das 9h30 às 18h30.

Atividades gratuitas.

https://bsp.org.br/

SP Leituras – Assessoria de Imprensa

Ana Paula Campos e Sofia Mariano 11 3155-5446 e 3155-5444 | comunicacao@spleituras.org

Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado – Assessoria de Imprensa

Stephanie Gomes – (11) 3339-8243 | imprensaculturasp@sp.gov.br