Biblioteca de São Paulo recebe Exposição Invenções Gráficas na Ilustração Ibero-americana


Imagens: https://bit.ly/2IErQiW

A Biblioteca de São Paulo (BSP), instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, gerida pela Organização SP Leituras (entre as 100 Melhores ONGs do Brasil, pelo segundo ano consecutivo), recebe, a partir de 1º de fevereiro, a Exposição Invenções Gráficas na Ilustração Ibero-americana – Um Olhar sobre o Catálogo Ibero-América Ilustra. A mostra, que faz parte das comemorações de 10 anos da BSP, tem curadoria do ilustrador brasileiro Fernando Vilela e nasceu do citado catálogo, desenvolvido anualmente pela Fundação SM em parceria com a FIL Guadalajara – Feira Internacional do Livro de Guadalajara.

A exposição passou anteriormente pelo Instituto Tomie Ohtake (em 2019) e contabiliza 40 obras de 12 ilustradores provenientes de nove países. São elas: Ixchel Estrada, do México (2011); Joan Negrescolor, da Espanha (2013); María Luque, da Argentina (2013); Roger Ycaza, do Equador (2014); Manuel Marsol, da Espanha (2014); Marta Madureira, de Portugal (2015); Laerte Silvino, do Brasil (2015); Amanda Mijangos, do México (2016); Matías Acosta, do Uruguai (2017); Catalina Carvajal, da Colômbia (2018); Sol Undurraga, do Chile (2018); e Juan Bernabeu, da Espanha (2018).

Com abertura oficial às 11h do dia 1º de fevereiro, a mostra, resultado de parceria entre o Instituto Tomie Ohtake, Fundação SM e BSP, estará aberta ao público, de terça-feira a domingo, das 9h30 às 18h30, e tem entrada gratuita. A exposição fica no piso térreo da biblioteca, localizada na Zona Norte da capital paulista, dentro do Parque da Juventude, até 29 de março.

Sobre a Biblioteca de São Paulo (BSP)

Localizada dentro do Parque da Juventude, no terreno em que funcionou a Casa de Detenção de São Paulo (conhecida como Carandiru), na zona Norte da capital paulista, a BSP soma mais de 3 milhões de visitantes e reúne o que há de mais moderno na área. Finalista do International Excellence Awards 2018, entregue durante a Feira do Livro de Londres, uma das mais prestigiadas do setor, a BSP já recebeu premiações como o Prêmio IPL na categoria Melhor Biblioteca do Ano e Prêmio Ações Inclusivas 2013, da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência. A biblioteca tem programação que atende públicos de diferentes faixas etárias e interesses diversos. Com oficinas, contações de histórias, cursos e atividades como xadrez e yoga, o equipamento vai além do acervo, promovendo, sobretudo, o compartilhamento de experiências e saberes. Inaugurada em fevereiro de 2010, a BSP foi inspirada na Biblioteca de Santiago, no Chile, faz parte do SisEB (Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo) e totaliza 40 mil itens (livros, DVDs, CDs, além de jogos) no acervo. Pessoas com deficiência possuem acesso integral a todos os ambientes e podem utilizar o conjunto de audiolivros, livros em Braille e demais equipamentos de acessibilidade.

Sobre o Instituto Tomie Ohtake

Inaugurado em 28 de novembro de 2001, tornou-se uma referência no circuito das artes visuais pela qualidade de sua programação. Destaca-se por ser o único espaço da cidade que se dedica a organizar mostras nacionais e internacionais de artes plásticas, arquitetura e design, além de prêmios nestas três áreas. A instituição consagrou-se ainda por conceber um amplo e criativo trabalho de educação por meio da arte, fundamentado na pesquisa, produção de material, no treinamento de professores e numa grade de cursos com visão inovadora no ensino da arte. Além disso, desenvolve inédito programa de acessibilidade para repensar questões como acesso à cultura e diversidade, com foco no atendimento de públicos que não têm garantidos seus direitos sociais.

Sobre a Fundação SM

Criada em 1977, com o intuito de devolver à sociedade os benefícios gerados pela Edições SM, a Fundação SM tem a missão de contribuir para o desenvolvimento integral das pessoas por meio da Educação. Nesse sentido, trabalha para fortalecer a educação pública, de forma colaborativa com os governos municipais, estaduais e federal, organismos internacionais, organizações da sociedade civil, institutos e fundações. Suas ações são norteadas por quatro pilares: Formação e valorização dos professores; Fomento à leitura; Apoio a projetos socioeducativos; e Apoio à pesquisa educacional. Está presente na Espanha, México, República Dominicana, Porto Rico, Colômbia, Peru, Brasil, Chile, Argentina e Equador.

Serviço:

Exposição Invenções Gráficas na Ilustração Ibero-americana

Piso térreo da Biblioteca de São Paulo (BSP)

Parque da Juventude Dom Paulo Evaristo Arns – Av. Cruzeiro do Sul, 2.630, Santana, São Paulo (SP) (ao lado da Estação Carandiru do Metrô).

De 1º de fevereiro a 29 de março.

Das 9h30 às 18h30, de terça-feira a domingo.

Entrada gratuita.

SP Leituras – Assessoria de Imprensa

Ana Paula Campos e Sofia Mariano 11 3155-5446 e 3155-5444 | comunicacao@spleituras.org

Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado – Assessoria de Imprensa

Stephanie Gomes – (11) 3339-8243 | imprensaculturasp@sp.gov.br