Viagem Literária inicia programação nas bibliotecas do interior, litoral e Grande São Paulo levando autores consagrados


A partir de 5 de junho, o programa Viagem Literária, do Governo do Estado de São Paulo, inicia sua circulação por municípios do interior, litoral e da Grande São Paulo. O segundo módulo do programa vai realizar palestras e bate-papos em 90 cidades paulistas, com foco no público infantojuvenil.

O segundo módulo do programa é voltado para crianças e adolescentes entre 12 e 17 anos. Cada bate-papo tem duração de uma hora e os convidados vão falar de literatura, suas obras e quais foram os autores que os influenciaram para começar a escrever. Estes escritores vão circular por cinco cidades, promovendo o livro, a literatura e interagindo com o público.

Os autores infantojuvenis do Viagem Literária em 2017 são: Alonso Alvarez, André Vianco, Babi Dewet, Caio Riter, Carina Rissi, Flávia Muniz, Ilan Brenman, Índigo, Leo Cunha e Lia Zatz, Lúcia Hiratsuka, Luis Eduardo Matta, Luiz Roberto Guedes, Márcio Vassallo, Ricardo Ramos Filho, Rodrigo Ciríaco, Stella Maris Rezende e Susana Ventura.

Além da programação de contação de histórias, realizada em maio, e a infantojuvenil, as cidades vão receber bate-papos com escritores de literatura adulta, a partir de agosto. E entre setembro e dezembro, as bibliotecas locais vão promover um módulo de escrita criativa, como forma de incentivar o fazer literário nas cidades. A relação completa dos municípios atendidos está disponível no link https://goo.gl/0wA4JD.

 

Sobre o Viagem Literária

Lançado em 2008, o Viagem Literária integra o conjunto de ações do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo (SisEB) e já foi prestigiado por mais de 285 mil participantes, entre adultos e crianças. Além da programação de encontros com os escritores, o programa traz em suas diretrizes a capacitação dos profissionais de biblioteca e também as oficinas de criação literária.

Já participaram das atividades nomes como Marcia Tiburi, Raphael Draccon, Ilan Brenman, Carla Caruso, Marcelino Freire, Cristovão Tezza, Luiz Ruffato, Daniela Arbex e Ignácio de Loyola Brandão, que já participou de diversas edições do programa: “a plateia ouve, pergunta, também conta histórias. Nada melhor para atrair uma criança, jovem, e por que não um adulto, que uma historia? Sabemos que hoje competimos com celulares, tablets, vídeo games, toda aparelhagem tecnológica. No entanto por 35 anos de experiência em viagens e encontros, sabemos que a presença de um autor tem um efeito diferente, carismático”, comenta o autor.

O Viagem Literária é gerido pela Organização Social SP Leituras, responsável também pelo Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas do Estado de São Paulo (SisEB), a Biblioteca de São Paulo e a Biblioteca Parque Villa-Lobos.

Para mais informações, acesse: www.viagemliteraria.org.br.