Três vencedores do Prêmio São Paulo de Literatura participam de webinar sobre concursos e festivais literários


Três autores que venceram o Prêmio São Paulo de Literatura em edições passadas são convidados do webinar Prêmios e Festivais Literários como Políticas Públicas Culturais, na terça, 23 de junho, das 18h30 às 20h30, por meio de plataforma eletrônica – a mediação ficará a cargo da educadora e escritora Patricia Anunciada. O webinar faz parte da programação do Prêmio São Paulo de Literatura 2020 e das comemorações dos 10 anos da SP Leituras, organização social que gere o Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas para a Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo. A SP Leituras foi eleita pelo segundo ano consecutivo uma das 100 Melhores ONGs do Brasil.

Participarão do webinar o natalense Estevão Azevedo, vencedor do prêmio de Melhor Livro do Ano em 2014, com “Tempo de espalhar pedras” (Cosac Naify); o paulistano Rafael Gallo, ganhador em 2016 do prêmio de melhor autor estreante com menos de 40 anos, com “Rebentar” (Record), e a paulistana Aline Bei, que em 2018 levou o prêmio de autora estreante com menos de 40 anos por “O peso do pássaro morto” (Editora Nós). Para se inscrever, basta entrar no site do SisEB (http://siseb.sp.gov.br/agenda/), seguir as instruções e aguardar a confirmação por e-mail. O link para acesso à plataforma será enviado um dia antes da atividade.

O evento abordará a importância de prêmios e festivais literários como ações de estímulo aos novos talentos e de fortalecimento das políticas públicas do livro e da leitura; a produção e a divulgação literária brasileira; e o diálogo entre escritores e comunidades como ferramenta de mediação cultural, de formação de comportamentos leitores e de incentivo à produção literária. Para se inscrever, basta entrar em: > O link para acesso à plataforma será enviado um dia antes da atividade. Questionário de avaliação e certificado serão encaminhados em até uma semana após o evento.

Prêmios e Festivais Literários como Políticas Públicas Culturais

Terça, 23 de junho, das 18h30 às 20h30

PÚBLICO-ALVO: Profissionais da área da Cultura e interessados no tema.

Inscrições gratuitas. Vagas limitadas. Informações: siseb@spleituras.org e www.siseb.sp.gov.br

Importante: O link para acesso à plataforma será enviado um dia antes da atividade. Questionário de avaliação e certificado serão encaminhados em até uma semana após o evento.

Acessibilidade: haverá tradução em LIBRAS.

– Biografias dos participantes

* Estevão Azevedo
Melhor livro do ano – 2014
“Tempo de espalhar pedras” (Cosac Naify)

Estevão Azevedo nasceu em Natal (RN) e vive em São Paulo. É editor e mestre em literatura brasileira pela Universidade de São Paulo (USP). Em 2005, publicou o livro de contos O som do nada acontecendo (coletivo Edições K). Seu primeiro romance, Nunca o nome do menino (Terceiro Nome, 2008), foi finalista do Prêmio São Paulo de Literatura em 2009. Tem contos publicados em revistas e na antologia de escritores brasileiros Popcorn unterm Zuckerhut – Junge brasilianische literatur, lançada em 2013 na Alemanha. Tempo de espalhar pedras será lançado na Itália em 2016.

* Rafael Gallo
Autor estreante de até 40 anos – 2016
“Rebentar” (Record)

Paulistano, é graduado em música pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) e mestre em meios e processos audiovisuais pela Universidade de São Paulo (USP). É autor de Réveillon e outros dias (2012), livro vencedor do Prêmio Sesc de Literatura e finalista do Prêmio Jabuti, ambos na categoria Contos, e de Rebentar (2015). Tem ainda contos publicados em diversas revistas e antologias, como a Desassossego (2014) e a Machado de Assis Magazine (2012), que veiculou a tradução do conto Réveillon para o espanhol.

* Aline Bei –
Autor estreante de até 40 anos – 2018
“O peso do pássaro morto” (Editora Nós)

Aline Bei nasceu em São Paulo, em 1987. É formada em Letras pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e em Artes Cênicas pelo Teatro Escola Célia-Helena. É colunista do site cultural Livre Opinião – Ideias em Debate e foi escritora convidada na Printemps Littéraire Brésilien, um encontro anual europeu de promoção e divulgação da cultura e da literatura lusófonas, na Sorbonne Université, França, em 2018. O peso do pássaro morto (Editora Nós, 2017), finalista do prêmio Rio de Literatura, é o seu primeiro livro.

– Mediadora:

Patricia Anunciada é formada em Letras pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, pós-graduada em Literatura pela Universidade Estadual de Campinas e mestranda em Literatura pela Universidade Federal de São Paulo. Atua como professora da rede municipal de São Paulo. Possui canal no YouTube, chamado Letras Pretas, no qual divulga obras que se adequem à lei nº 10.639/2003, que torna obrigatório o ensino de história e cultura africana e afro-brasileira. Participou das antologias O Feminino na Poesia: Antologia Poética de Professoras Poetas e Escrituras Negras: A Mulher que Reluz em mim.