SP Leituras celebra aniversário, transformando vidas e incentivando a cultura


Hoje é dia de celebrar os 10 anos da SP Leituras! É tempo de comemorar as vidas transformadas e as atividades consolidadas nesta primeira década de existência desta Organização Social que tem como missão idealizar e desenvolver projetos que contribuam para a promoção e o incentivo à cultura, à leitura e à literatura.

E ainda há muito mais a realizar. Atualmente, o trabalho da SP Leituras consiste na gestão da Biblioteca de São Paulo (BSP), da Biblioteca Parque Villa-Lobos (BVL), do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo (SisEB) e do Centro Cultural e de Estudos Superiores Aúthos Pagano para a Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo. As duas bibliotecas, inclusive, foram finalistas de prêmios internacionais de excelência no segmento, o que demonstra que a entidade segue lado a lado com outras instituições de ponta no mundo todo, colocando o Brasil entre as referências neste setor.

E as atividades não param por aí. A entidade também é responsável pela gestão do acervo da Biblioteca Castro Alves, de Votuporanga (SP) e organizadora da cerimônia do Prêmio São Paulo de Literatura. Classificada duas vezes como uma das 100 Melhores ONGs do País, a SP Leituras ganhou destaque por seu trabalho social, com boas práticas de gestão e transparência, sendo incluída nestas listas elaboradas pelo Instituto DOAR e publicadas na revista Época Negócios.

Mas não são só as premiações que marcam a história desta organização. As vidas transformadas pela atuação das equipes envolvidas neste período dão forte testemunho de que muito foi feito e que em muito mais é necessário avançar (confira o vídeo, abaixo). Para Pierre André Ruprecht, diretor executivo da SP Leituras, tudo isso reforça a assertividade e o alinhamento entre o projeto, os objetivos e a realização das ações da entidade. “Estamos animados e com muita energia para enfrentar os desafios dos próximos 10 anos, ajudando a formar e encantar um público cada vez maior e mais diversificado, para transformar o Brasil em um verdadeiro país de leitores”, acrescenta Marino Lobello, presidente do Conselho de Administração da instituição.

Como parte das celebrações foi realizado o “Webinar Prêmios e festivais literários como políticas públicas”, com os premiados escritores Estevão Azeved, Rafael Gallo e Aline Bei, com mediação de Patricia Anunciada. Para saber mais sobre o evento online, clique aqui.