Centro Cultural Aúthos Pagano oferece curso de Contação de Histórias


O Centro Cultural e de Estudos Superiores Aúthos Pagano promove o Curso de Contação de Histórias, realizado em conjunto com a Associação Arte Despertar, viabilizado por meio de um edital do Programa de Ação Cultural (ProAC). Ainda em outubro, a instituição fez uma parceria com a Santa Marcelina Cultura e traz para o equipamento o Quarteto de Cordas da Emesp. Ambas atividades são gratuitas. A instituição é gerenciada pela SP Leituras e fica localizada na Rua Tomé de Souza, 997, no bairro Alto da Lapa.

O Curso de Contação de Histórias aborda as narrativas orais como uma ferramenta de aproximação, comunicação e expressão, explora as diferenças entre lendas, mitos, fábulas, história de origem e contos de fadas. Também mostra a relação da literatura oral com a música, ensinando técnicas de interpretação, oralidade e improvisação, lembrando o papel do contador ao longo da história. A faixa etária indicada é de 16 anos e a ação acontece aos sábados, nos dias: 21 e 28 de outubro, 11, 18 e 25 de novembro e 2 de dezembro, das 9 às 13 horas. A inscrição pode ser realizada pelo e-mail: agenda@centroculturalauthospagano.org.br.

No domingo, 29 de outubro, às 11 horas, a é a vez do Quarteto de Cordas da Emesp. Pensando no aprimoramento constante dos alunos, a Emesp Tom Jobim criou, em 2012, os Grupos Artísticos, que trabalham repertórios que abrangem tanto música erudita quanto popular, obras originais e arranjadas, de compositores brasileiros e estrangeiros.

Em 2017, esses conjuntos contemplarão diversas formações instrumentais, o que possibilitará aos alunos vivências musicais distintas. As atividades artísticas estimulam os integrantes a divulgar o que é aprendido dentro da sala de aula, em espaços públicos e equipamentos culturais da cidade.

No dia, se apresentarão os alunos: Arthur Lima Marcelino (violino), Lucas Alvares (violino), Camila Ribeiro Rodrigues (viola), Alan Sanches Choque (cello).

 

PROGRAMAÇÃO CULTURAL DE OUTUBRO

 

CURSO DE CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS
A ideia é trabalhar a potencialidade das narrativas de literatura oral como uma ferramenta de aproximação, comunicação e expressão. O conteúdo programático abordará os vários tipos de histórias – como lendas, mitos, fábulas, história de origem, contos de fadas, entre outros -, a relação com a música, técnicas como interpretação, oralidade e improvisação, e o papel do contador de história ao longo da história universal.

Indicado para pessoas a partir de 16 anos, que estejam preferencialmente cursando o ensino médio.
Sábados: 21 e 28 de outubro, 11, 18, 25 de novembro e 2 de dezembro, das 9 às 13 horas.
Carga horária: 24 horas.
Realização: Associação Arte Despertar (ProAC)
Inscrições: agenda@centroculturalauthospagano.org.br

 

APRESENTAÇÃO MUSICAL: QUARTETO DE CORDAS
Domingo, 29, às 11 horas.
Com Arthur Lima Marcelino (violino), Lucas Alvares (violino), Camila Ribeiro Rodrigues (viola), Alan Sanches Choque (cello), alunos da Emesp .
Não é necessário inscrição.

Pensando no aprimoramento constante dos alunos, a Emesp Tom Jobim criou, em 2012, os Grupos Artísticos Emesp, que trabalham repertórios que abrangem tanto música erudita quanto popular, obras originais e arranjadas, de compositores brasileiros e estrangeiros. Em 2017, esses conjuntos contemplarão diversas formações instrumentais, o que possibilitará aos alunos vivências musicais distintas. As atividades artísticas estimulam os integrantes a divulgar o que é aprendido dentro da sala de aula, em espaços públicos e equipamentos culturais da cidade.

 

Centro Cultural e de Estudos Superiores Aúthos Pagano
O Centro Cultural e de Estudos Superiores Aúthos Pagano é um equipamento da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo gerenciado pela organização social de cultura SP Leituras. Está instalado numa casa em estilo modernista construída em 1929, o terceiro imóvel da cidade a abandonar os adornos e apresentar um visual limpo e com linhas retas, levando a assinatura do arquiteto Gregori Warchavchik. Foi inaugurado em 1982 e atualmente promove atividades ligadas a diversas expressões artísticas, como dança, coro e oficinas literárias. É um importante ponto de cultura na zona oeste da capital paulista.

 

SP Leituras

A SP Leituras – Associação Paulista de Bibliotecas e Leitura – é uma organização social sem fins lucrativos, criada em maio de 2010. É uma instituição de natureza cultural, engajada em ações relacionadas à propagação do gosto pela leitura em todos os segmentos da população, aos mais variados públicos, com atenção especial a pessoas com deficiência. É responsável pela gestão da Biblioteca de São Paulo (BSP), localizada no Parque da Juventude (antigo presídio do Carandiru), e da Biblioteca Parque Villa-Lobos (BVL), situada no Parque Villa-Lobos, na zona oeste. Também coordena o Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas (SisEB), que realiza a qualificação de equipes das bibliotecas dos 645 municípios paulistas, além de promover mais de 400 eventos culturais em todo o Estado.