Em abril, a Biblioteca de São Paulo traz histórias de Monteiro Lobato na programação do Viagem Gastronômica, filme de Woody Allen e Curso de Libras Intermediário


Um dos destaques da programação de abril da Biblioteca de São Paulo (BSP) é a oficina Viagem Gastronômica, que discute literatura enquanto é preparado um cardápio especial. No sábado, 8, às 15h30,  será debatido os escritos do paulista Monteiro Lobato e quitutes que aguçam seus textos, revelando a relação da vida do autor com a comida de sua terra natal, a região do Vale do Paraíba, que é a temática do encontro. O programa ainda dá dicas de como preparar os pratos: bolinho caipira e bombocado de milho, que os participantes terão a oportunidade de degustar no final da atividade.

Na programação dos Pontos MIS, o público poderá conferir o filme Tudo pode dar certo, uma comédia dirigida e escrita pelo cineasta americano Woody Allen. A trama é sobre um professor rabugento (Larry David) que abriga uma desconhecida vinda do interior (Evan Rachel Wood). O longa aborda as diferenças de estilos entre os protagonistas e de uma improvável paixão entre eles. A exibição será sempre às quartas-feiras, às 10h00.

Outra atração do equipamento cultural da Secretaria da Cultura do Estado é o programa de bate-papo mensal Segundas Intenções, que neste mês traz os escritores Raphael Draccon e Carolina Munhóz. A conversa acontece no dia 29, às 11h00 e será mediado pelo crítico literário Manuel da Costa Pinto. Draccon é roteirista e autor de nove livros best-sellers de fantasia, entre eles as trilogias Dragões de Éter e Legado Ranger. Fez parte da série Supermax, da Rede Globo, e já ganhou um prêmio de mérito da American Screenwriter Association. Carolina é jornalista, roteirista e autora de oito livros best-sellers de fantasia, incluindo O inverno das fadas e a trilogia Trindade Leprechaun. Foi eleita melhor autora jovem pelo Prêmio Jovem Brasileiro e teve seus últimos livros eleitos melhores do ano por revistas como Atrevida e Capricho. Ambos atualmente moram em Los Angeles.

Ainda na linha literária, a biblioteca promove o Clube de Leitura sobre o livro Quarenta dias, de Maria Valéria Rezende, no dia 20, às 15h00. A obra ganhou o Prêmio Jabuti em 2015 na categoria Livro do Ano de Ficção e conta a história da professora Alice, que mantinha uma vida pacata em João Pessoa até ser obrigada pela filha a deixar tudo para trás e se mudar para Porto Alegre. Mas uma reviravolta familiar a deixa abandonada à própria sorte e a impossibilita de voltar ao antigo lar. Ao saber que o filho de uma conhecida da Paraíba desapareceu em algum lugar, ela se lança numa busca frenética, que a levará a insanidade.

 

Programações para todos

A Hora do Conto, um dos programas permanentes da BSP, terá em abril três contações de histórias com interpretação em Língua Brasileira de Sinais (Libras). No dia 2, haverá a apresentação do texto Menina bonita do laço de fita, de Ana Maria Machado, com o grupo Eba. No dia 8, é a vez do texto Casaco de retalhos, obra de Tânia Robin Barty, com o Grupo Mãos de Fada. Em 29 de abril, a encenação é do texto O equilibrista, de Fernanda Lopes de Almeida, com o duo Mirela Estelles e Amarilis Reto.

A biblioteca vai oferecer o Curso de Libras Intermediário, que é indicado para quem deseja se aprofundar no estudo da Língua Brasileira de Sinais. A atividade acontece sempre nas quartas-feiras, de 19 de abril a 31 de maio, das 14h00 às 17h30. As tutoras da oficina são Thalita Passos e Luanna Potzmann e as inscrições podem ser feitas presencialmente no balcão de atendimento da biblioteca nos dias 5, 6 e 7 de abril (até o preenchimento das 30 vagas). Vai ser realizado um teste de avaliação com os candidatos, pois é necessário conhecimento básico nesta língua. O exame será no dia 12 de abril, às 14h00.

Nos dias 4 e 5 de abril, a BSP vai promover a Oficina espalhafatos de texto: Da ideia ao ponto final, que ensina técnicas de literatura e jornalismo para adolescentes. O resultado prático da atividade é exercitar a criação de um texto claro, criativo e atraente. A faixa etária é de 12 a 16 anos e o horário é das 14h30 às 17h30. A atividade será ministrada por João Varella, jornalista e editor de livros. As inscrições podem ser realizadas até o dia 30 de março.

 

Para mais informações, acesse o site oficial: http://bsp.org.br

 

PROGRAMAÇÃO CULTURAL DE ABRIL

Dia 1º, sábado

 

11h às 11h45 – Lê no ninho. Programa permanente.

Atividade de estímulo e iniciação à leitura para crianças entre 6 meses e 4 anos, realizada com livros lúdicos, contação de histórias e músicas. Pais e responsáveis podem, ao fim, emprestar os kits utilizados, com dois livrinhos e um fantoche, e reproduzir a experiência em casa.

Com equipe BSP.

Local: piso térreo.

 

11h às 13h – Jogos para todos! Programa permanente.

Oficina de xadrez: Os participantes aprendem as regras, os movimentos das peças e algumas táticas do xadrez, além de disputar partidas. Pessoas com deficiência visual dispõem de tabuleiros adaptados.

Com Carlos Oliveira.

Local: piso térreo.

 

15h às 15h45 – Lê no ninho. Programa permanente.

Atividade de estímulo e iniciação à leitura para crianças entre 6 meses e 4 anos, realizada com livros lúdicos, contação de histórias e músicas. Pais e responsáveis podem, ao fim, emprestar os kits utilizados, com dois livrinhos e um fantoche, e reproduzir a experiência em casa.

Com equipe BSP.

Local: piso térreo.

 

16h – Hora do conto. Programa permanente.

O estranho caso do sono perdido, de Miriam Leitão.

Com Paula Dugaich.

Local: piso térreo.

 

Dia 2, domingo

 

11h30 às 12h15 – Lê no ninho. Programa permanente.

Atividade de estímulo e iniciação à leitura para crianças entre 6 meses e 4 anos, realizada com livros lúdicos, contação de histórias e músicas. Pais e responsáveis podem, ao fim, emprestar os kits utilizados, com dois livrinhos e um fantoche, e reproduzir a experiência em casa.

Com equipe BSP.

Local: piso térreo.

 

16h – Hora do conto. Programa permanente.

Menina bonita do laço de fita, de Ana Maria Machado. Com interpretação em Libras.

Com o Grupo Êba.

Local: piso térreo.

 

Dia 4, terça-feira.

 

14h30 às 17h30 – Oficina espalhafatos de texto: Da ideia ao ponto final.
Seja em um e-mail para uma proposta de trabalho, na criação de uma história para um livro ou até mesmo em um post nas redes sociais, um texto claro, criativo e atraente faz uma tremenda diferença. Sem enrolação, esta oficina traz técnicas do jornalismo e da literatura para se expressar de maneira clara, criativa e atraente em uma redação. Faixa etária de 12 a 16 anos. Carga horária: 6 horas. Terça e quarta, 4 e 5, das 14h30 às 17h30.

Com João Varella – Editora Lote 42.

Local: auditório.

Inscrições por e-mail (agenda@bsp.org.br) ou no balcão de atendimento da biblioteca (de terça a sexta-feira, das 10h às 18h), até o dia 30 de março.

 

15h às 16h – Jogos sensoriais. Programa permanente.

Uma divertida experiência lúdica que estimula as habilidades sensoriais e a memória, com jogos e brincadeiras para pessoas com e sem deficiência. A partir de 11 anos.

Com equipe BSP.

Local: piso térreo.

 

Dia 5, quarta-feira.

 

10h – Pontos MIS.

Desenvolvido pelo Museu da Imagem e do Som – MIS, o projeto promove o contato com obras do cinema por meio de parcerias com instituições públicas do Estado de São Paulo.

Local: piso superior.

 

O fim do filme

Dir. André Dib, Brasil, 2012, 15 min. Idioma: Português. Classificação: livre.

Elenco: Gabriel Bodstein, Guto Nogueira.

Funcionário de uma videolocadora, João Lucas acaba sempre revelando o final dos filmes aos clientes. Após conhecer uma cliente que aluga sempre o mesmo filme, os dois passam a debater nas madrugadas o verdadeiro significado de seu final.

 

Tudo pode dar certo

Dir. Wood Allen, EUA, 2009, 91 min. Gênero: Comédia. Classificação: 12 anos.
Elenco: Larry David, Evan Rachel Wood, Ed Begley Jr., Patricia Clarkson, Henry Cavill, Michael McKean, Marcia Debonis e Olek Krupa.

Boris Yellnikoff é um velho rabugento que tem o hábito de insultar seus alunos de xadrez. Ex-professor da Universidade de Columbia, ele considera ser o único capaz de compreender a insignificância das aspirações humanas e o caos do universo. Um dia, prestes a entrar em seu apartamento, Boris é abordado por Melodie St. Ann Celestine, que lhe implora para entrar. Ele atende ao pedido, a contragosto. Percebendo sua fragilidade, Boris permite que ela fique no apartamento por alguns dias. Ela se instala e, com o passar do tempo, não aparenta ter planos de deixar o local. Até que um dia lhe diz que está interessada nele.

 

14h30 às 17h30 – Oficina espalhafatos de texto: Da ideia ao ponto final.
Seja em um e-mail para uma proposta de trabalho, na criação de uma história para um livro ou até mesmo em um post nas redes sociais, um texto claro, criativo e atraente faz uma tremenda diferença. Sem enrolação, esta oficina traz técnicas do jornalismo e da literatura para se expressar de maneira clara, criativa e atraente em uma redação. Faixa etária de 12 a 16 anos. Carga horária: 6 horas. Terça e quarta, 4 e 5, das 14h30 às 17h30.

Com João Varella – Editora Lote 42.

Local: auditório.

Inscrições por e-mail (agenda@bsp.org.br) ou no balcão de atendimento da biblioteca (de terça a sexta-feira, das 10h às 18h), até o dia 30 de março.

 

15h às 16h – Brincando e aprendendo. Programa permanente.

Mímica: acerte a personagem.

Com equipe BSP.

A partir de 7 anos.

Local: piso térreo.

 

Dia 6, quinta-feira.

 

12h30 às 13h30 – Luau BSP. Programa permanente.

O programa apresenta aos jovens temas relacionados à música, literatura e poesia e oferece espaço para apresentações artísticas. A partir de 13 anos.

Com equipe BSP. É necessário retirar senhas com 30 minutos de antecedência.

Local: auditório.

 

15h às 16h – Pintando o 7. Programa permanente.

Atividades a partir do livro Olívia tem dois pais, de Márcia Leite.

A partir de 6 anos.

Com equipe BSP.

Local: piso térreo.

 

Dia 7, sexta-feira.

 

15h – Hora do conto. Programa permanente.

A Bela adormecida, dos Irmãos Grimm.

Com equipe BSP.

Local: piso térreo.

 

15h30 – Pontos MIS.

Desenvolvido pelo Museu da Imagem e do Som – MIS, o projeto promove o contato com obras do cinema por meio de parcerias com instituições públicas do Estado de São Paulo. Local: piso térreo.

 

Sessão infantil:

João, o galo desregulado

Dir. Camila Carrossine e Alê Camargo, Brasil, 2013, 10 min.Classificação: livre.

Uma história bem-humorada de um galo que cantava na hora que bem queria. Baseado em fatos reais.

O mundo dos pequeninos

Dir. Hiromasa Yonebayashi, Japão, 2000, 94 min. Classificação: livre. Gênero: animação.
Elenco: Mirai Shida, Ryunosuke Kamiki, Shinobu Ōtake, Tomokazu Miura, Keiko Takeshita, Tatsuya Fujiwara, Kirin Kiki
Nos subúrbios de Tóquio, sob o assoalho de uma casa velha, Arrietty vive com a família em seu mundo minúsculo, fazendo de tudo para manter em segredo a existência de todos. Roubando pequenos objetos e pedacinhos de comida, eles sobrevivem despercebidos pelos verdadeiros – e gigantes – donos da casa. Contudo, quando um jovem rapaz se hospeda na casa, a pequenina Arietty acredita que poderá manter uma amizade com ele, apesar da diferença de tamanhos. Uma linda animação do famoso estúdio japonês Ghibli, o mesmo de Viagem de Chihiro.

 

16h30 às 17h – Leitura ao pé do ouvido. Programa permanente.

Frequentadores da biblioteca são convidados a ouvir a leitura de trechos de um livro, podendo conhecer assim novos autores, títulos e assuntos.

Local: piso térreo e superior.

 

Dia 8, sábado.

 

11h às 11h45 – Lê no ninho. Programa permanente.

Atividade de estímulo e iniciação à leitura para crianças entre 6 meses e 4 anos, realizada com livros lúdicos, contação de histórias e músicas. Pais e responsáveis podem, ao fim, emprestar os kits utilizados, com dois livrinhos e um fantoche, e reproduzir a experiência em casa.

Com equipe BSP.

Local: piso térreo.

 

11h às 13h – Jogos para todos! Programa permanente.

Oficina de xadrez: Os participantes aprendem as regras, os movimentos das peças e algumas táticas do xadrez, além de disputar partidas. Pessoas com deficiência visual dispõem de tabuleiros adaptados.

Com Carlos Oliveira.

Local: piso térreo.

 

15h às 15h45 – Lê no ninho. Programa permanente.

Atividade de estímulo e iniciação à leitura para crianças entre 6 meses e 4 anos, realizada com livros lúdicos, contação de histórias e músicas. Pais e responsáveis podem, ao fim, emprestar os kits utilizados, com dois livrinhos e um fantoche, e reproduzir a experiência em casa.

Com equipe BSP.

Local: piso térreo.

 

15h30 às 17h – Oficina Viagem Gastronômica

Nesta edição o programa contempla a obra do escritor paulista Monteiro Lobato. Grande nome da literatura brasileira, dedicou em seus contos, ensaios e livros infantojuvenis, o amor à mesa através dos quitutes em que alimenta os seus personagens. É essa relação da vida com a comida de sua terra natal, a região do Vale do Paraíba que é a temática do encontro.

O programa ainda dá dicas de como preparar os pratos: bolinho caipira e bombocado de milho, que os participantes terão a oportunidade de degustar no final da atividade. Indicado para pessoas a partir de 16 anos.

Local: auditório.

 

16h – Hora do conto. Programa permanente.

Casaco de retalhos, de Tânia Robin Barty.

Narração de histórias em Libras com interpretação para o português.

Com o Grupo Mãos de Fada.

Local: piso térreo.

 

Dia 9, domingo

 

11h30 às 16h – Domingo no Parque. Programa permanente.

11h30 às 12h15 – Lê no ninho, com equipe BSP.

12h15 às 16h – Espaço de leitura para toda família com sessões de contação de histórias com

Com a Cia. Malas Portam.

Em caso de chuva, a atividade será realizada dentro da Biblioteca.

Local: Parque da Juventude.

 

16h – Hora do conto. Programa permanente.

O filho do vento, de Rogério Andrade Barbosa.

Com Histórias em Movimento.

Local: piso térreo.

 

14h30 às 16h30 – Sarau na BSP. Programa permanente.

Literatura, canto e poesia.

Com o Grupo de Poetas Cantores e Declamadores Independentes de São Paulo.

Coordenação de Terezinha Rocha.

Local: auditório.

 

Dia 11, terça-feira.

 

15h às 16h – Jogos sensoriais. Programa permanente.

Uma divertida experiência lúdica que estimula as habilidades sensoriais e a memória, com jogos e brincadeiras para pessoas com e sem deficiência. A partir de 11 anos.

Com equipe BSP.

Local: piso térreo.

 

Dia 12, quarta-feira.

 

10h – Pontos MIS.

Desenvolvido pelo Museu da Imagem e do Som – MIS, o projeto promove o contato com obras do cinema por meio de parcerias com instituições públicas do Estado de São Paulo.

Local: piso superior.

 

O fim do filme

Dir. André Dib, Brasil, 2012, 15 min. Idioma: Português. Classificação: livre.

Elenco: Gabriel Bodstein, Guto Nogueira.

Funcionário de uma videolocadora, João Lucas acaba sempre revelando o final dos filmes aos clientes. Após conhecer uma cliente que aluga sempre o mesmo filme, os dois passam a debater nas madrugadas o verdadeiro significado de seu final.

 

Tudo pode dar certo

Dir. Wood Allen, EUA, 2009, 91 min. Gênero: Comédia. Classificação: 12 anos.
Elenco: Larry David, Evan Rachel Wood, Ed Begley Jr., Patricia Clarkson, Henry Cavill, Michael McKean, Marcia Debonis e Olek Krupa.

Boris Yellnikoff é um velho rabugento que tem o hábito de insultar seus alunos de xadrez. Ex-professor da Universidade de Columbia, ele considera ser o único capaz de compreender a insignificância das aspirações humanas e o caos do universo. Um dia, prestes a entrar em seu apartamento, Boris é abordado por Melodie St. Ann Celestine, que lhe implora para entrar. Ele atende ao pedido, a contragosto. Percebendo sua fragilidade, Boris permite que ela fique no apartamento por alguns dias. Ela se instala e, com o passar do tempo, não aparenta ter planos de deixar o local. Até que um dia lhe diz que está interessada nele.

 

15h às 16h – Brincando e aprendendo. Programa permanente.

Brincando com Bilboquê.

Com equipe BSP.

A partir de 7 anos.

Local: piso térreo.

 

14h às 17h30 – Curso de Libras Intermediário (Teste de avaliação)

Indicado para quem deseja se aprofundar no estudo da Língua Brasileira de Sinais, com o objetivo de ampliar as possibilidades de comunicação e interação social e profissional com surdos. Aulas práticas e teóricas. Carga horária: 24h30.  Indicado para pessoas acima de 16 anos.

Quartas-feiras, de 19/04 à 31/05, das 14h às 17h30.

Com Thalita Passos e Luanna Potzmann.

Local: auditório.

Inscrições: Presencialmente no balcão de atendimento da biblioteca nos dias 5, 6 e 7 de abril, ou até o preenchimento das vagas (30 vagas).

Seleção: teste de avaliação com os candidatos. É necessário conhecimento básico em Libras. O teste será realizado no dia 12 de abril, das 14h às 17h30.

 

Dia 13, quinta-feira

 

12h30 às 13h30 – Luau BSP. Programa permanente.

O programa apresenta aos jovens temas relacionados à música, literatura e poesia e oferece espaço para apresentações artísticas. A partir de 13 anos.

Com equipe BSP. É necessário retirar senhas com 30 minutos de antecedência.

Local: auditório.

 

15h às 16h – Pintando o 7. Programa permanente.

Conheça sobre a história da moda, a partir do livro História do vestuário no Ocidente: das origens aos nossos dias, de François Boucher.

A partir de 6 anos.

Com equipe BSP.

Local: piso térreo.

 

Dia 14, sexta-feira

 

10h30 – Pontos MIS.

Desenvolvido pelo Museu da Imagem e do Som – MIS, o projeto promove o contato com obras do cinema por meio de parcerias com instituições públicas do Estado de São Paulo. Local: piso térreo.

 

Sessão infantil:

João, o galo desregulado

Dir. Camila Carrossine e Alê Camargo, Brasil, 2013, 10 min.Classificação: livre.

Uma história bem humorada de um galo que cantava na hora que bem queria. Baseado em fatos reais.

O mundo dos pequeninos

Dir. Hiromasa Yonebayashi, Japão, 2000, 94 min. Classificação: livre. Gênero: animação.
Elenco: Mirai Shida, Ryunosuke Kamiki, Shinobu Ōtake, Tomokazu Miura, Keiko Takeshita, Tatsuya Fujiwara, Kirin Kiki
Nos subúrbios de Tóquio, sob o assoalho de uma casa velha, Arrietty vive com a família em seu mundo minúsculo, fazendo de tudo para manter em segredo a existência de todos. Roubando pequenos objetos e pedacinhos de comida, eles sobrevivem despercebidos pelos verdadeiros – e gigantes – donos da casa. Contudo, quando um jovem rapaz se hospeda na casa, a pequenina Arietty acredita que poderá manter uma amizade com ele, apesar da diferença de tamanhos. Uma linda animação do famoso estúdio japonês Ghibli, o mesmo de Viagem de Chihiro.

 

15h – Hora do conto. Programa permanente.

O sapo ganancioso, de Naomi Adler.

Com a Cia. Pé do ouvido.

Local: piso térreo.

 

16h30 às 17h – Leitura ao pé do ouvido. Programa permanente.

Frequentadores da biblioteca são convidados a ouvir a leitura de trechos de um livro, podendo conhecer assim novos autores, títulos e assuntos.

Começo, meio e fim, de Frei Betto.

Local: piso térreo e superior.

 

Dia 15, sábado

 

11h às 11h45 – Lê no ninho. Programa permanente.

Atividade de estímulo e iniciação à leitura para crianças entre 6 meses e 4 anos, realizada com livros lúdicos, contação de histórias e músicas. Pais e responsáveis podem, ao fim, emprestar os kits utilizados, com dois livrinhos e um fantoche, e reproduzir a experiência em casa.

Com equipe BSP.

Local: piso térreo.

 

11h às 13h – Jogos para todos! Programa permanente.

Oficina de xadrez: Os participantes aprendem as regras, os movimentos das peças e algumas táticas do xadrez, além de disputar partidas. Pessoas com deficiência visual dispõem de tabuleiros adaptados.

Com Carlos Oliveira.

Local: piso térreo.

 

15h às 15h45 – Lê no ninho. Programa permanente.

Atividade de estímulo e iniciação à leitura para crianças entre 6 meses e 4 anos, realizada com livros lúdicos, contação de histórias e músicas. Pais e responsáveis podem, ao fim, emprestar os kits utilizados, com dois livrinhos e um fantoche, e reproduzir a experiência em casa.

Com equipe BSP.

Local: piso térreo.

 

16h – Hora do conto. Programa permanente.

Bicho papão da minha imaginação, de Sylvia Orthof.

Com As Histórias da Bibs

Local: piso térreo.

 

Dia 16, domingo

 

11h30 às 12h15 – Lê no ninho. Programa permanente.

Atividade de estímulo e iniciação à leitura para crianças entre 6 meses e 4 anos, realizada com livros lúdicos, contação de histórias e músicas. Pais e responsáveis podem, ao fim, emprestar os kits utilizados, com dois livrinhos e um fantoche, e reproduzir a experiência em casa.

Com equipe BSP.

Local: piso térreo.

 

16h – Hora do conto. Programa permanente.

Divina Albertina, de Christine Davenier.

Com a Cia. Arte Negus

Local: piso térreo.

 

Dia 18, terça-feira.

 

15h às 16h – Jogos sensoriais. Programa permanente.

Uma divertida experiência lúdica que estimula as habilidades sensoriais e a memória, com jogos e brincadeiras para pessoas com e sem deficiência. A partir de 11 anos.

Com equipe BSP.

Local: piso térreo.

 

Dia 19, quarta-feira.

 

10h – Pontos MIS.

Desenvolvido pelo Museu da Imagem e do Som – MIS, o projeto promove o contato com obras do cinema por meio de parcerias com instituições públicas do Estado de São Paulo.

Local: piso superior.

 

O fim do filme

Dir. André Dib, Brasil, 2012, 15 min. Idioma: Português. Classificação: livre.

Elenco: Gabriel Bodstein, Guto Nogueira.

Funcionário de uma videolocadora, João Lucas acaba sempre revelando o final dos filmes aos clientes. Após conhecer uma cliente que aluga sempre o mesmo filme, os dois passam a debater nas madrugadas o verdadeiro significado de seu final.

 

Tudo pode dar certo

Dir. Wood Allen, EUA, 2009, 91 min. Gênero: Comédia. Classificação: 12 anos.
Elenco: Larry David, Evan Rachel Wood, Ed Begley Jr., Patricia Clarkson, Henry Cavill, Michael McKean, Marcia Debonis e Olek Krupa.

Boris Yellnikoff é um velho rabugento que tem o hábito de insultar seus alunos de xadrez. Ex-professor da Universidade de Columbia, ele considera ser o único capaz de compreender a insignificância das aspirações humanas e o caos do universo. Um dia, prestes a entrar em seu apartamento, Boris é abordado por Melodie St. Ann Celestine, que lhe implora para entrar. Ele atende ao pedido, a contragosto. Percebendo sua fragilidade, Boris permite que ela fique no apartamento por alguns dias. Ela se instala e, com o passar do tempo, não aparenta ter planos de deixar o local. Até que um dia lhe diz que está interessada nele.

 

14h às 17h30 – Curso de Libras Intermediário.

Indicado para quem deseja se aprofundar no estudo da Língua Brasileira de Sinais, com o objetivo de ampliar as possibilidades de comunicação e interação social e profissional com surdos. Aulas práticas e teóricas. Carga horária: 24h30.  Indicado para pessoas acima de 16 anos.

 

Quartas-feiras, de 19/04 à 31/05, das 14h às 17h30.

Com Thalita Passos e Luanna Potzmann.

Inscrições: Presencialmente no balcão de atendimento da biblioteca nos dias 5, 6 e 7 de abril, ou até o preenchimento das vagas (30 vagas).

Seleção: teste de avaliação com os candidatos. É necessário conhecimento básico em Libras. O teste será realizado no dia 12 de abril, das 14h às 17h30.

 

15h às 16h – Brincando e aprendendo. Programa permanente.

Conheça jogos antigos de tabuleiro.

Com equipe BSP.

A partir de 7 anos.

Local: piso térreo.

 

Dia 20, quinta-feira.

 

12h30 às 13h30 – Luau BSP. Programa permanente.

O programa apresenta aos jovens temas relacionados à música, literatura e poesia e oferece espaço para apresentações artísticas. A partir de 13 anos.

Com equipe BSP. É necessário retirar senhas com 30 minutos de antecedência.

Local: auditório.

 

15h às 16h – Pintando o 7. Programa permanente.

Desvendando a estilista Coco Chanel.

A partir de 6 anos.

Com equipe BSP.

Local: piso térreo.

 

15h às 17h – Clube de leitura. Programa permanente.

Todos os meses a BSP seleciona um livro e propõe a discussão de detalhes da história com os leitores da obra, incentivando assim o encontro de pessoas, o debate literário e o hábito da leitura.

Quarenta dias, de Maria Valéria Rezende.

Com equipe BSP.

Local: auditorio.

 

Dia 21, sexta-feira.

 

10h30 – Pontos MIS.

Desenvolvido pelo Museu da Imagem e do Som – MIS, o projeto promove o contato com obras do cinema por meio de parcerias com instituições públicas do Estado de São Paulo. Local: piso térreo.

 

Sessão infantil:

João, o galo desregulado

Dir. Camila Carrossine e Alê Camargo, Brasil, 2013, 10 min.Classificação: livre.

Uma história bem humorada de um galo que cantava na hora que bem queria. Baseado em fatos reais.

O mundo dos pequeninos

Dir. Hiromasa Yonebayashi, Japão, 2000, 94 min. Classificação: livre. Gênero: animação.
Elenco: Mirai Shida, Ryunosuke Kamiki, Shinobu Ōtake, Tomokazu Miura, Keiko Takeshita, Tatsuya Fujiwara, Kirin Kiki
Nos subúrbios de Tóquio, sob o assoalho de uma casa velha, Arrietty vive com a família em seu mundo minúsculo, fazendo de tudo para manter em segredo a existência de todos. Roubando pequenos objetos e pedacinhos de comida, eles sobrevivem despercebidos pelos verdadeiros – e gigantes – donos da casa. Contudo, quando um jovem rapaz se hospeda na casa, a pequenina Arietty acredita que poderá manter uma amizade com ele, apesar da diferença de tamanhos. Uma linda animação do famoso estúdio japonês Ghibli, o mesmo de Viagem de Chihiro.

 

15h – Hora do conto. Programa permanente.

O circo da Lua, de Eva Furnari.

Com o Grupo Girasonhos.

Local: piso térreo.

 

16h30 às 17h – Leitura ao pé do ouvido. Programa permanente.

Frequentadores da biblioteca são convidados a ouvir a leitura de trechos de um livro, podendo conhecer assim novos autores, títulos e assuntos.

Reze pelas mulheres roubadas, de Jennifer Clement.

Local: piso térreo e superior.

 

Dia 22, sábado.

 

11h às 11h45 – Lê no ninho. Programa permanente.

Atividade de estímulo e iniciação à leitura para crianças entre 6 meses e 4 anos, realizada com livros lúdicos, contação de histórias e músicas. Pais e responsáveis podem, ao fim, emprestar os kits utilizados, com dois livrinhos e um fantoche, e reproduzir a experiência em casa.

Com equipe BSP.

Local: piso térreo.

 

11h às 13h – Jogos para todos! Programa permanente.

Oficina de xadrez: Os participantes aprendem as regras, os movimentos das peças e algumas táticas do xadrez, além de disputar partidas. Pessoas com deficiência visual dispõem de tabuleiros adaptados.

Com Carlos Oliveira.

Local: piso térreo.

 

15h às 15h45 – Lê no ninho. Programa permanente.

Atividade de estímulo e iniciação à leitura para crianças entre 6 meses e 4 anos, realizada com livros lúdicos, contação de histórias e músicas. Pais e responsáveis podem, ao fim, emprestar os kits utilizados, com dois livrinhos e um fantoche, e reproduzir a experiência em casa.

Com equipe BSP.

Local: piso térreo.

 

16h – Hora do conto. Programa permanente.

Urashima Taro, de Lúcia Hiratsuka.

Com a Cia. Mapinguary.

Local: piso térreo.

 

Dia 23, domingo.

 

11h30 às 16h – Domingo no Parque. Programa permanente.

11h30 às 12h15 – Lê no ninho, com equipe BSP.

12h15 às 16h – Espaço de leitura para toda família com sessões de contação de histórias com

Com a Cia. Duo Encantado.

Em caso de chuva, a atividade será realizada dentro da Biblioteca.

Local: Parque da Juventude.

 

16h – Hora do conto. Programa permanente.

O menino que quase morreu afogado no lixo, de Ruth Rocha.

Com Recantação.

Local: piso térreo.

 

Dia 25, terça-feira.

 

15h às 16h – Jogos sensoriais. Programa permanente.

Uma divertida experiência lúdica que estimula as habilidades sensoriais e a memória, com jogos e brincadeiras para pessoas com e sem deficiência. A partir de 11 anos.

Com equipe BSP.

Local: piso térreo.

 

Dia 26, quarta-feira.

 

10h – Pontos MIS.

Desenvolvido pelo Museu da Imagem e do Som – MIS, o projeto promove o contato com obras do cinema por meio de parcerias com instituições públicas do Estado de São Paulo.

Local: piso superior.

 

O fim do filme

Dir. André Dib, Brasil, 2012, 15 min. Idioma: Português. Classificação: livre.

Elenco: Gabriel Bodstein, Guto Nogueira.

Funcionário de uma videolocadora, João Lucas acaba sempre revelando o final dos filmes aos clientes. Após conhecer uma cliente que aluga sempre o mesmo filme, os dois passam a debater nas madrugadas o verdadeiro significado de seu final.

 

Tudo pode dar certo

Dir. Wood Allen, EUA, 2009, 91 min. Gênero: Comédia. Classificação: 12 anos.
Elenco: Larry David, Evan Rachel Wood, Ed Begley Jr., Patricia Clarkson, Henry Cavill, Michael McKean, Marcia Debonis e Olek Krupa.

Boris Yellnikoff é um velho rabugento que tem o hábito de insultar seus alunos de xadrez. Ex-professor da Universidade de Columbia, ele considera ser o único capaz de compreender a insignificância das aspirações humanas e o caos do universo. Um dia, prestes a entrar em seu apartamento, Boris é abordado por Melodie St. Ann Celestine, que lhe implora para entrar. Ele atende ao pedido, a contragosto. Percebendo sua fragilidade, Boris permite que ela fique no apartamento por alguns dias. Ela se instala e, com o passar do tempo, não aparenta ter planos de deixar o local. Até que um dia lhe diz que está interessada nele.

 

14h às 17h30 – Curso de Libras Intermediário.

Indicado para quem deseja se aprofundar no estudo da Língua Brasileira de Sinais, com o objetivo de ampliar as possibilidades de comunicação e interação social e profissional com surdos. Aulas práticas e teóricas. Carga horária: 24h30.  Indicado para pessoas acima de 16 anos.

 

Quartas-feiras, de 19/04 à 31/05, das 14h às 17h30.

Com Thalita Passos e Luanna Potzmann.

Inscrições: Presencialmente no balcão de atendimento da biblioteca nos dias 5, 6 e 7 de abril, ou até o preenchimento das vagas (30 vagas).

Seleção: teste de avaliação com os candidatos. É necessário conhecimento básico em Libras. O teste será realizado no dia 12 de abril, das 14h às 17h30.

 

15h às 16h – Brincando e aprendendo. Programa permanente.

Jogo da forca: explorando a Biblioteca.

Com equipe BSP.

A partir de 7 anos.

Local: piso térreo.

 

Dia 27, quinta-feira.

 

12h30 às 13h30 – Luau BSP. Programa permanente.

O programa apresenta aos jovens temas relacionados à música, literatura e poesia e oferece espaço para apresentações artísticas. A partir de 13 anos.

Com equipe BSP. É necessário retirar senhas com 30 minutos de antecedência.

Local: auditório.

 

15h às 16h – Pintando o 7. Programa permanente.

Crie telas inspiradas em estilistas.

A partir de 6 anos.

Com equipe BSP.

Local: piso térreo.

 

Dia 28, sexta-feira

 

15h – Hora do conto. Programa permanente.

Minhas fábulas de Esopo, de Michel Morpurgo.

Com equipe BSP.

Local: piso térreo.

 

15h30 – Pontos MIS.

Desenvolvido pelo Museu da Imagem e do Som – MIS, o projeto promove o contato com obras do cinema por meio de parcerias com instituições públicas do Estado de São Paulo. Local: piso térreo.

 

Sessão infantil:

João, o galo desregulado

Dir. Camila Carrossine e Alê Camargo, Brasil, 2013, 10 min.Classificação: livre.

Uma história bem humorada de um galo que cantava na hora que bem queria. Baseado em fatos reais.

O mundo dos pequeninos

Dir. Hiromasa Yonebayashi, Japão, 2000, 94 min. Classificação: livre. Gênero: animação.
Elenco: Mirai Shida, Ryunosuke Kamiki, Shinobu Ōtake, Tomokazu Miura, Keiko Takeshita, Tatsuya Fujiwara, Kirin Kiki
Nos subúrbios de Tóquio, sob o assoalho de uma casa velha, Arrietty vive com a família em seu mundo minúsculo, fazendo de tudo para manter em segredo a existência de todos. Roubando pequenos objetos e pedacinhos de comida, eles sobrevivem despercebidos pelos verdadeiros – e gigantes – donos da casa. Contudo, quando um jovem rapaz se hospeda na casa, a pequenina Arietty acredita que poderá manter uma amizade com ele, apesar da diferença de tamanhos. Uma linda animação do famoso estúdio japonês Ghibli, o mesmo de Viagem de Chihiro.

 

16h30 às 17h – Leitura ao pé do ouvido. Programa permanente.

Frequentadores da biblioteca são convidados a ouvir a leitura de trechos de um livro, podendo conhecer assim novos autores, títulos e assuntos.

Aquecimento Segundas Intenções – textos de Raphael Draccon e Carolina Munhóz.

Local: piso térreo e superior.

 

Dia 29, sábado.

 

11h às 13h – Segundas Intenções. Programa permanente.

Bate-papo com Raphael Draccon e Carolina Munhóz.

Mediação: Manuel da Costa Pinto.

Local: auditório.

Inscrições por e-mail (agenda@bsp.org.br) ou no balcão de atendimento da biblioteca (de terça a sexta-feira, das 9h30 às 17h30), até o dia 28/4.

Declaração de atividades complementares para estudantes universitários.

 

11h às 11h45 – Lê no ninho. Programa permanente.

Atividade de estímulo e iniciação à leitura para crianças entre 6 meses e 4 anos, realizada com livros lúdicos, contação de histórias e músicas. Pais e responsáveis podem, ao fim, emprestar os kits utilizados, com dois livrinhos e um fantoche, e reproduzir a experiência em casa.

Com equipe BSP.

Local: piso térreo.

 

11h às 13h – Jogos para todos! Programa permanente.

Oficina de xadrez: Os participantes aprendem as regras, os movimentos das peças e algumas táticas do xadrez, além de disputar partidas. Pessoas com deficiência visual dispõem de tabuleiros adaptados.

Com Carlos Oliveira.

Local: piso térreo.

 

15h às 15h45 – Lê no ninho. Programa permanente.

Atividade de estímulo e iniciação à leitura para crianças entre 6 meses e 4 anos, realizada com livros lúdicos, contação de histórias e músicas. Pais e responsáveis podem, ao fim, emprestar os kits utilizados, com dois livrinhos e um fantoche, e reproduzir a experiência em casa.

Com equipe BSP.

Local: piso térreo.

 

16h – Hora do conto. Programa permanente.

O equilibrista, de Fernanda Lopes de Almeida. Com interpretação em Libras.

Com Mirela Estelles e Amarilis Reto.

Local: piso térreo.

 

Dia 30, domingo.

 

11h30 às 12h15 – Lê no ninho. Programa permanente.

Atividade de estímulo e iniciação à leitura para crianças entre 6 meses e 4 anos, realizada com livros lúdicos, contação de histórias e músicas. Pais e responsáveis podem, ao fim, emprestar os kits utilizados, com dois livrinhos e um fantoche, e reproduzir a experiência em casa.

Com equipe BSP.

Local: piso térreo.

 

16h – Hora do conto. Programa permanente.

Os sete novelos e outros contos africanos, de Angela Shelf Medearis.

Com Vanessa Meriqui e Drika Nunes

Local: piso térreo.

 

Biblioteca de São Paulo (BSP)

A BSP foi inaugurada em 8 de fevereiro de 2010. Faz parte do conjunto de iniciativas da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo para incentivar e promover o gosto pela leitura. Localizada no Parque da Juventude, foi concebida para ser um projeto inovador de inclusão social por meio da leitura. Conta com uma programação cultural diária e ações em acessibilidade e serviço social.

 

Confira mais sobre a programação no site oficial: http://bsp.org.br

 

Serviço:

Local: Biblioteca de São Paulo – Parque da Juventude

Endereço: Avenida Cruzeiro do Sul, 2.630

Telefone: (11) 2089-0800

Estação Carandiru do Metrô – Linha Azul

Aberta de terça a domingo e feriados, das 9h30 às 18h30 horas.