BVL-bannerweb-500-mil

Em 2017, Biblioteca Parque Villa-Lobos comemora marca de 500 mil visitantes


Instituição do Governo do Estado de São Paulo conta com 27 mil sócios,
um acervo de 26 mil itens e já promoveu mais de 2 mil eventos desde 2014, quando foi inaugurada

A Biblioteca Parque Villa-Lobos (BVL) acaba de atingir a marca de 500 mil visitantes. Este número é comemorado por todos: funcionários, parceiros e o público em geral. O espaço foi inaugurado em dezembro de 2014 e se tornou um importante polo cultural na zona oeste da capital paulista, trazendo mais uma opção de leitura, lazer, aprendizado e acesso à informação para os moradores da região e para os frequentadores do Parque Villa-Lobos, reforçando o conceito de biblioteca viva, oferecendo um espaço de interação onde o público é protagonista de diversas maneiras.

Em pouco mais de dois anos, a BVL também reúne outros números significativos: até março, foram realizados 96 mil empréstimos e 27 mil sócios cadastrados. Atualmente, a Biblioteca possui um acervo de 26 mil itens, entre livros, jogos, DVDs, revistas e jornais. Desde a inauguração, foram realizados aproximadamente 2 mil eventos com mais de 76 mil participantes.

infografico-500-mil-visitantes

A biblioteca oferece uma programação cultural diversificada, que reúne atividades de interesse de todos os públicos. Promove shows de rock e de MPB, aulas de yoga, sarau literário, contação de histórias, cursos e oficinas sobre literatura, encontros com alguns dos mais renomados escritores do país, atividades ligadas às artes plásticas, cursos de informática e de utilização de smartphones para o público com mais de 60 anos, entre outras tantas atividades. O espaço realiza também atividade de incentivo à leitura para bebês e crianças entre 6 meses e 4 anos de idade.

“A Biblioteca Parque Villa-Lobos é um projeto que coloca as pessoas no centro. Entendemos que o coração da biblioteca não é o acervo ou o livro, e sim as pessoas. Tentamos criar um vínculo afetivo com o nosso público. E este número de 500 mil frequentadores é um exemplo disso. As bibliotecas modernas têm que estar de olho em todas as comunidades e servir de espaço para encontros, um lugar onde as pessoas vêm não só para ler e estudar, mas para se divertir. E isso se faz também com uma intensa programação cultural e uma boa oferta de conteúdos. Acredito que este é o primeiro passo para formar uma cultura leitora”, disse Pierre André Ruprecht, diretor-executivo da SP Leituras, organização social responsável pela gestão do espaço.

Localizada em um prédio de 4 mil metros quadrados, a BVL oferece aos visitantes um acervo atualizado semanalmente e computadores com acesso à internet. O espaço possui também um auditório e uma área para exposições. Pessoas com deficiência têm acesso integral a todos os ambientes, além de um espaço reservado com computadores adaptados, scanners capazes de “transformar” livros escritos em arquivos de áudio e acervo em Braille. A programação é inclusiva e conta com atividades permanentes para acolher e integrar pessoas com deficiência intelectual ou física.

 

 

 

Serviço:

Local: Biblioteca Parque Villa-Lobos (BVL)

Endereço: Avenida Queiróz Filho, 1205, Alto de Pinheiros.

Telefone: (11) 3024-2500.

Site: http://bvl.org.br

Aberta de terça a domingo e feriados, das 9h30 às 18h30 horas.